MENU

31 de março de 2013 - 11:05FIA GT Series

Loeb/Parente faturam primeira em Nogaro

wINS

RIO DE JANEIRO - O FIA GT Series começou da melhor forma possível para o público francês que compareceu neste domingo ao Circuit Paul Armagnac em Nogaro: é que o multicampeão de Rali Sébastien Loeb, correndo em dupla com o português Álvaro Parente, venceu a corrida classificatória, após uma luta ferrenha com o Audi R8 LMS Ultra de Niki Mayr-Melnhof/René Rast, que saiu da pole position e liderou 90% da disputa.

L9-IMG_1198

Num circuito difícil como o de Nogaro, com curta extensão e traçado estreito, ultrapassagem, só no erro do adversário ou na queda de rendimento do carro à frente. Na primeira parte da disputa, René Rast suportou e muito bem a pressão de Álvaro Parente, que fungou o seu cangote até a parada obrigatória para troca de pneus e pilotos.

O time Belgian Audi Club Team WRT entrou primeiro e a Sébastien Loeb Racing mandou Parente aos pits na volta seguinte. O próprio Loeb assumiu o volante do carro #9 e foi à caça de Niki Mayr-Melnhof, que conseguiu voltar ainda em primeiro.

O austríaco não é um piloto profissional, tanto que ele e Rast competem na classe Pro-Am. Mas aguentou a pressão de Loeb o quanto pôde, normalmente dando a linha de fora no melhor ponto de ultrapassagem do circuito – a freada do hairpin após uma reta de dimensões bastante razoáveis. O francês só passaria o rival se este errasse. E foi o que aconteceu: Melnhof errou a tomada do hairpin, Loeb veio por dentro e “jantou” o austríaco para assumir a ponta e vencer sua primeira corrida em circuito fechado na carreira.

Mayr-Melnhof ainda teve que cortar um dobrado no fim: o alemão Maximilian Bukh, campeão europeu de GT3 ano passado, voava com a Mercedes #1 da HTP Gravity Charouz e encostou no adversário. Mas não dava mais tempo para nada e a diferença entre os dois na quadriculada foi inferior a dois décimos de segundo.

Mais de 25 segundos atrás de Loeb, chegou o Audi R8 LMS Ultra da Phoenix Racing, muito bem conduzido por Anthony Kumpen/Enzo Ide, que chegaram em 3º na classe Pro. Outro Audi, de César Campaniço/Carlos Vieira, foi supercompetitivo: os portugueses largaram de 16º e cruzaram a quadriculada em quinto lugar, à frente da Mercedes de Karun Chandhok/Jan Seyffarth.

A performance dos brasileiros foi boa: Cacá Bueno/Allam Khodair chegaram em sétimo e só não conseguiram alcançar posição melhor porque, após o pit stop obrigatório, o carro #0 apresentou um problema de bomba de combustível e Cacá chegou a ocupar a 10ª posição. O pentacampeão da Stock conseguiu boas ultrapassagens ao longo do seu turno de pilotagem, inclusive superando Ricardo Zonta, oitavo colocado em dupla com Sérgio Jimenez.

Digno de registro também foi o 9º lugar de Cláudio Ricci/Matheus Stumpf, fazendo a dupla da equipe portuguesa Rodrive completar em terceiro nesta corrida entre as duplas da Pro-Am Cup. Após um furo de pneu, Andy Züber/Mike Parisy conseguiram se  recuperar e fechar o top 10 do domingo.

Na Gentlemen Trophy, Felipe Tozzo chegou a andar à frente do ex-goleiro da seleção francesa Fabién Barthez. Mas o carequinha superou o brasileiro e depois Gérard Tonelli levou o carro com tranquilidade para terminar bem à frente de Raijan Mascarello e do tcheco Petr Charouz. A Gentlemen Trophy só teve três carros na pista neste domingo em Nogaro.

Amanhã tem mais: o blog A Mil Por Hora vai pôr, como hoje, o live streaming da corrida #2 do FIA GT Series, que será disputada a partir de 9h15 da manhã, horário de Brasília. E como bem observou meu amigo Marc Arnoldi via twitter, com as vitórias de Loeb e Barthez em suas categorias, o circuito Paul Armagnac vai botar gente pelo ladrão na segunda-feira de Páscoa – feriado nacional na França.

Resultado da corrida classificatória do FIA GT Series:

1º #9 Álvaro Parente/Sébastien Loeb (Pro)
Sébastien Loeb Racing – McLaren MP4-12C GT3
39 voltas

2º #12 René Rast/Niki Mayr-Melnhof (Pro-Am)
Belgian Audi Club Team WRT – Audi R8 LMS Ultra
a 5″323

3º #1 Alon Day/Maximilian Bukh (Pro)
HTP Gravity Charouz – Mercedes-Benz SLS AMG GT3
a 5″511

4º #5 Anthony Kumpen/Enzo Ide (Pro)
Phoenix Racing – Audi R8 LMS Ultra
a 25″257

5º #14 César Campaniço/Carlos Vieira (Pro-Am)
Team Novadriver – Audi R8 LMS Ultra
a 25″928

6º #28 Karun Chandhok/Jan Seyffarth (Pro)
Seyffarth Motorsport – Mercedes-Benz SLS AMG GT3
a 41″088

7º #0 Cacá Bueno/Allam Khodair (Pro)
BMW Sports Trophy Team Brasil – BMW Z4 GT3
a 47″646

8º #21 Ricardo Zonta/Sérgio Jimenez (Pro)
BMW Sports Trophy Team Brasil – BMW Z4 GT3
a 49″278

9º #7 Cláudio Ricci/Matheus Stumpf (Pro-Am)
Rodrive Competições – Ford GT
a 58″852

10º #10 Mike Parisy/Andreas Züber (Pro)
Sébastien Loeb Racing – McLaren MP4-12C GT3
a 59″938

11º #6 Armaan Ebrahim/Julien Jousse (Pro-Am)
BMW Sports Trophy Team India – BMW Z4 GT3
a 1’04″496

12º #25 Dominik Baumann/Hari Proczyk (Pro-Am)
Grässer Racing – Lamborghini Gallardo LP600+
a 1’07″981

13º #2 Sergey Afanasiev/Andreas Simonsen (Pro-Am)
HTP Gravity Charouz – Mercedes-Benz SLS AMG GT3
a 1’09″067

14º #32 Wolfgang Reip/Mark Shulzistkhiy (Pro-Am)
Nissan GT Academy Team RJN – Nissan GT-R
a 1’19″144

15º #31 Gérard Tonelli/Fabién Barthez (Gentlemen Trophy)
SOFREV-Auto Sport Promotion – Ferrari F458 Italia
a 1 volta

16º #11 Stéphane Ortelli/Laurens Vanthoor (Pro)
Belgian Audi Club Team WRT – Audi R8 LMS Ultra
a 1 volta

17º #8 Raijan Mascarello/Felipe Tozzo (Gentlemen Trophy)
Rodrive Competições – Ford GT
a 2 voltas

18º #3 Jan Stovicek/Petr Charouz (Gentlemen Trophy)
HTP Gravity Charouz – Mercedes-Benz SLS AMG GT3
a 2 voltas

19º #35 Alex Buncombe/Lucas Ordoñez (Pro-Am)
Nissan GT Academy Team RJN – Nissan GT-R
a 3 voltas (abandonou)

20º #16 Daniel Keilwitz/Niclas Kentenich (Pro)
Dörr Motorsport – McLaren MP4-12C GT3
a 21 voltas (abandonou)

21º #13 Edward Sändström/Frank Stippler (Pro)
Belgian Audi Club Team WRT – Audi R8 LMS Ultra
a 22 voltas (abandonou)

22º #30 Soheil Ayari/Jean-Luc Beaubelique (Pro-Am)
SOFREV-Auto Sport Promotion – Ferrari F458 Italia
a 38 voltas (abandonou)

23º #51 Filip Salaquarda/Fabio Onidi (Pro-Am)
AF Corse – Ferrari F458 Italia
não largaram

5 comentários

  1. Luis Felipe disse:

    A parada foi boa…melhor até que a do Loeb…mas tiveram um problema eletronico que fez ele virar algumas voltas bem mais lento…mas depois se corrigiu…era bem visivel no volta a volta…se não fosse isso chegaria no minimo em 4o.

  2. Luis Felipe disse:

    O problema foi de bomba de combustivel

  3. Alvaro Ferreira disse:

    Muito legal a corrida, valeu pelo link, obrigado, Rodrigo!
    Esse Loeb não é fácil… Mas acho que os brasileiros vão dar trabalho, à medida em que se ambientarem.

  4. Fernando disse:

    Em relação as duplas brasileiras, acredito que amanhã terão desempenho melhor, Cacá e Khodair foram muito bem, enquanto Jimenez e Zonta foram mais discretos. Quanto aos pilotos da Rodrive, Ricci e Stumpf também foram muito bem, mas me parece que o Ford GT, sem dúvida um monstro consagrado das competições Gran Turismo, já sente o peso da idade em relação aos demais carros, mais novos e modernos. Vamos conferir a segunda corrida amanhã…”neste mesmo canal e no mesmo horário” hehehe.

  5. joao pedro disse:

    imagina se a FIA tivesse dado para o loeb a super-licença. ia ser um estrago na f1.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>