MENU

18 de maio de 2013 - 14:26European Le Mans Series

A volta dos campeões do ELMS

PMI_567411

RIO DE JANEIRO - Bastou a parceria ser refeita e a Thiriet by TDS Racing fez as pazes com as vitórias, antes das 24 Horas de Le Mans. Pierre Thiriet e seu antigo comparsa Mathias Beche, hoje comprometido no WEC com a Rebellion Racing, venceram hoje as 3 Horas de Imola, segunda corrida do European Le Mans Series que, num fato raro, não teve nenhuma intervenção do Safety Car, ao contrário do que ocorreu no temporal de Silverstone.

A vitória do Oreca 03 Nissan que carrega o numeral #1 no certame europeu só se concretizou mesmo após uma rodada do Zytek Z11SN Nissan #38 tripulado por Simon Dolan, que largara na pole position e permaneceu na ponta na primeira janela de disputa, com Oliver Turvey a bordo. Dolan chocou-se com um retardatário e perdeu três voltas em posição contrária à pista. Depois, o carro apresentou problemas mecânicos e eles desistiram, quando vinham em 6º na geral.

Sem o Zytek vencedor da primeira corrida a atrapalhar, Beche e Thiriet completaram 108 voltas no total, com 46″236 de vantagem para o Alpine A450 de Pierre Ragues/Nelson Panciatici. A 3ª posição teria sido do Zytek Z11SN Nissan da Greaves Motorsports, mas já próximo do fim da disputa o dinamarquês David Heinemeier-Hänsson precisou cumprir um minuto de stop & go por ter cruzado a linha limítrofe dos boxes. Ele e Tom Kimber-Smith baixaram para 5º na geral.

Assim, o terceiro e último lugar no pódio da LMP2 ficou com o Morgan da Morand Racing, mesmo com a suíça Natacha Gachnang tendo que fazer um splash & dash para evitar uma pane seca nos últimos momentos. Michel Frey/Patric Niederhauser fizeram boa corrida no Oreca #34 da Race Performance e chegaram em quarto. Mark Patterson/Brendon Hartley fecharam na 6ª posição.

PMI_572011

Na LMPC, Paul Loup-Chatin/Gary Hirsch foram absolutos do início ao fim e venceram com uma volta de margem sobre Anthony Pons/Soheil Ayari e Alex Loan/Matthieu Lecuyer. Um pódio 100% francês, logicamente. Chatin e Hirsch terminaram num ótimo 7º posto geral.

PMI_452111

A RAM Racing quase emplacou uma dobradinha na LMGTE: Johnny Mowlem/Matt Griffin também dominaram por completo a disputa na divisão dos Grã-Turismos, onde as Ferrari F458 Italia ficaram nas quatro primeiras posições. O carro #52 foi o único da divisão que terminou no top 10, em oitavo na geral, seis voltas atrás de Thiriet/Beche.

No fim, Frankie Montecalvo, que substituíra Gunnar Jeannette no segundo carro do time britânico, cometeu dois erros e entregou de bandeja a 2ª posição para o #55 da AF Corse guiado por Federico Leo/Piergiuseppe Perazzini/Marco Cioci. Joël Camathias/Andrea Bertolini acabaram em quarto, com o Porsche de Gianluca Roda/Paolo Ruberti/Christian Ried em quinto e a dupla Patrick Long/Patrice Milesi em sexto lugar.

PMI_466211

A LMGTC viu a tremular no alto do pódio a bandeira da Rússia: vitória da SMP Racing-Russian Bears, graças a Fabio Babini/Viktor Shaitar/Kyrill Ladygin, que fecharam a disputa em 18º na geral, uma volta à frente da Ferrari de Stefano Gai/Andrea Rizzoli/Lorenzo Casé. O Lamborghini LP600 de Peter Kox/Nico Pronk parou no finalzinho e perdeu a 3ª posição de pódio, herdada pela BMW da Ecurie Ecosse, que foi secundada pelos dois outros carros do time russo vencedor na divisão.

A 3ª etapa do ELMS será após as 24 Horas de Le Mans em julho, no circuito Red Bull Ring, na região de Spielberg, na Áustria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>