MENU

22 de dezembro de 2013 - 15:36Túnel do Tempo, Vídeos

Direto do túnel do tempo (155)

02RIO DE JANEIRO - Flagrante de um dos muitos acidentes espetaculares que já aconteceram em Indianápolis nas 500 Milhas. O protagonista deste aí é Tom Sneva, que estatelou seu McLaren Offenhauser na curva 2 do oval após tocar no carro de Eldon Rasmussen. Foi a porrada mais espetacular da edição de 1975 da prova.

Por incrível que pareça, embora o motor do carro tenha produzido esse espetáculo pirotécnico, levantando uma enorme bola de fogo na pancada, Sneva saiu dos restos mortais do seu McLaren sem pouquíssimas lesões. E andando!

Há 38 anos, direto do túnel do tempo.

6 comentários

  1. Zé Maria disse:

    “com pouquíssimas lesões”.
    Foi de fato muita sorte, em tempos em que ela por vezes os deixava órfãos!

  2. Nino Rainier disse:

    Pota que pariu !!!

  3. Mefistófeles disse:

    Atualmente se fala muito em inclusão social, principalmente na Nascar e seu programa de minorias etnícas. Tom Sneva é Indío norte americano ecorreu um bom tempos na categoria.

  4. geraldo101 disse:

    Vou falar uma besteira: o fato desse motor ter praticamente se desmontado com o impacto absorveu grande parte da energia do acidente, evitando que chegasse ao cockpit, e, consequentemente, pelo ângulo do impacto, às costas do piloto.

  5. Marcio disse:

    Foi muita sorte o carro ter batido com o motor no muro primeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>