MENU

23 de dezembro de 2013 - 15:17United Sports Car Championship

Porsche já tem time de pilotos definido para os EUA

Porsche2014

RIO DE JANEIRO - De volta com um time oficial também no Tudor United SportsCar Championship, em parceria com a CORE Autosport de Jonathan Bennett, a Porsche confirmou quais pilotos serão engajados na campanha de 2014 da nova série estadunidense, na classe GT Le Mans (GTLM).

Além de Patrick Long, que há anos colabora com a marca nos EUA, a equipe terá o novato dinamarquês Michael Christensen, recém-confirmado como o novo nome do lineup do fabricante germânico para o próximo ano. Os dois formarão a dupla do carro #912. Já no #911, vão alinhar Nick Tandy e o austríaco Richard Lietz, que deixa assim a formação do WEC. Tudo indica que, no Mundial, a segunda dupla será formada por Marco Holzer e pelo novo recruta, Fréderic Makowiecki.

Nas 24 Horas de Daytona, Patrick Pilet reforça a tripulação de um dos carros e Jörg Bergmeister alinhará no outro Porsche. O time terá sede em Santa Ana, na Califórnia, onde os dois carros terão sua manutenção corrida a corrida.

O novo 911 (991) GT3 RSR, lançado no ano passado, teve uma boa temporada em 2013, com direito a uma vitória nas 24 Horas de Le Mans – em dobradinha, registre-se – na classe LMGTE-PRO. Entre as inovações em relação ao modelo 997, estão a adoção de um entre-eixos 10 cm mais longo, uma caixa de marchas mais leve com seis velocidades e com o uso do sistema de acionamento paddleshift e o motor 4 litros boxer com mais de 470 HP de potência.

A distribuição de peso foi otimizada com o uso de um menor centro de gravidade, a aplicação de policarbonato nos vidros do carro e o uso de baterias de lítio-íon na parte elétrica. O 991 também dispõe de 200 canais de telemetria, que fazem a leitura dos dados do carro para os boxes, onde os engenheiros alemães estudam o comportamento do bólido na pista. Todos os dados são também armazenados em cartões de memória.

A “nova” versão do 991 com as especificações técnicas de 2014 já estreou na última etapa do WEC, no Bahrein, com um 2º lugar na sua classe. A expectativa da Porsche North America é lutar em pé de igualdade com Corvette, SRT Viper, BMW e Ferrari já na abertura do campeonato em Daytona, no fim de janeiro.

4 comentários

  1. Cuca Beludo disse:

    A proposito. A Risi terá algum apoio da Ferrari North America ou não terá apoio algum ? Esse ano correram com excelentes pilotos no plantel que dispensavam maiores comentários e venceram no VIR.

  2. fabiogp5 disse:

    Rodrigo me responda,Teremos transmissão para o Brasil desse interessantíssimo Campeonato Americano? Seguramente será um dos mais espetaculares torneios no próximo ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>