MENU

11 de julho de 2014 - 11:21Mundial de Endurance

Fim da linha: RAM Racing fora do WEC

ram2

RIO DE JANEIRO  - Dan Shufflebottom, chefe da escuderia britânica RAM Racing, certamente não conhece Márcio Braga, o antigo presidente do Flamengo. Se conhecesse, repetiria a frase do dirigente, que virou um hit para justificar os problemas do time da Gávea.

“Acabou o dinheiro”.

Sem brincadeira: acabou o dinheiro e a RAM Racing, infelizmente, está fora do Mundial de Endurance (WEC) para o restante do campeonato.

Campeã do European Le Mans Series (ELMS) ano passado na divisão LMGTE, a equipe britânica subiu para o WEC na esperança de fazer um bom papel. Andou bem em Silverstone, mas foi forçada a desistir das 6 Horas de Spa-Francorchamps por falta de fundos. Honraram a inscrição nas 24 Horas de Le Mans, mas passado o rescaldo de Sarthe, não houve jeito e Shufflebottom anunciou a retirada da equipe – que deve seguir com participações esparsas em provas como as 24 Horas de Dubai.

É uma pena e uma péssima notícia para o WEC, que perde dois carros  - um na LMGTE-PRO e outro na LMGTE-AM – e também não é bom negócio para pelo menos dois de seus pilotos: Johnny Mowlem perdeu o posto de piloto full season e Mark Patterson pelo menos se ajeitou com a Greaves Motorsport, cavando uma vaga na etapa do Red Bull Ring do ELMS. Já para Matt Griffin e Álvaro Parente, o prejuízo não é tão grande assim: com agenda cheia, os dois seguirão em plena atividade até o fim do ano.

1 comentário

  1. Fernando lima disse:

    Sempre uma pena quando um time é forçado a desistir por falta de grana…Além do mais, a pintura dos carros era lindíssima, destoando um pouco do “mar vermelho” das F458 da AF Corse, mas sem ser “cheguei”, como ocorre com a Krohn Racing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>