MENU

8 de julho de 2014 - 13:01United Sports Car Championship

Mais um desfalque no Tudor United SportsCar: NGT Motorsport dá adeus ao campeonato

2014 TUDOR United SportsCar Championship Detroit Belle Isle

A crise da Venezuela tira mais um piloto e mais uma equipe do Tudor United SportsCar Championship

RIO DE JANEIRO - Após participar das cinco primeiras provas do Tudor United SportsCar Championship em que a divisão GTD (GT Daytona) esteve presente nas pistas, a NGT Motorsport anuncia que está fora do resto do campeonato do certame estadunidense de Endurance. A decisão é com efeito imediato, o que implica na ausência do Porsche 911 GT America #30 nas cores da Momo na prova deste fim de semana em Mosport. A equipe tinha conquistado apenas um 6º lugar em Watkins Glen como melhor resultado, com Christina Nielsen/Kuba Giermaziak.

Apesar da decisão irreversível, o time promete pelo menos disputar a etapa de Austin, a Lone Star Le Mans, em setembro. A decisão de deixar o certame não é de parte técnica e sim profissional: o venezuelano Henrique Cisneros, inscrito como o gentleman driver do carro, culpa os problemas econômicos de seu país. “Às vezes temos que tomar decisões difíceis e chegou a hora de eu tomar uma. O automobilismo é uma alegria na minha vida, mas é o momento de tomar conta dos meus negócios e da minha família. A situação de momento em meu país não é boa. Volto para a corrida de Austin e depois espero que as coisas melhorem na Venezuela para poder voltar a competir regularmente”, disse Cisneros.

Com o forfait da MOMO NGT Motorsport, o total de carros inscritos para a corrida deste domingo no Canadá cai para 40: serão 12 inscritos na classe Prototype, com participação confirmada dos brasileiros Christian Fittipaldi e Oswaldo Negri, 10 bólidos na GTLM (GT Le Mans) e 18 agora na GTD (GT Daytona).  A lista, ainda desatualizada e com a MOMO NGT entre os inscritos, está aqui.

3 comentários

  1. Fernando Lima disse:

    Uma pena…carro lindíssimo com esta pintura…

  2. Pedro Migão disse:

    O que Cisneros não disse é que é um dos líderes da oposição venezuelana e sua “retirada”, possivelmente, é para organizar mais uma tentativa de golpe de estado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>