MENU

4 de agosto de 2014 - 18:27WTCC

“Poker” de López no WTCC

4672620140803203001

RIO DE JANEIRO - Vencedor em sua estreia no Mundial de Carros de Turismo (WTCC) ano passado na primeira prova disputada em Termas de Río Hondo, na Argentina, o ídolo local José María López voltou a ser “profeta em sua terra” neste fim de semana. O piloto da Citroën venceu as duas provas da 8ª rodada do campeonato – e parece caminhar célere para o título de campeão mundial de 2014.

Pole position com o tempo de 1’43″766, quatro décimos mais rápido que o vice-líder da temporada e atual campeão mundial Yvan Muller, Pechito não teve problemas para vencer a primeira prova do dia com cerca de dois segundos e meio de vantagem para o húngaro Norbert Michelisz, enquanto Muller ficou com a terceira posição – o que lhe deu 10 pontos de desvantagem em relação ao argentino. Sébastien Loeb, que não conhecia a pista, chegou em quarto, seguido por Tiago Monteiro e Tom Chilton.

Com o grid definido pela inversão do top 10 ao fim do Q2, o Lada Granta de Rob Huff partiu da pole position. E o piloto britânico, campeão do WTCC em 2012, fez a melhor corrida do modelo de Togliatti em toda a atual temporada. O grande trabalho do engenheiro Marco Calovolo deixou Huff em posição de sonhar com a primeira vitória dele no campeonato, mas o britânico acabou superado por um inspirado Pechito, que partiu de 10º para vencer de novo, com 1″863 de vantagem sobre o rival da Lada.

Muller foi de novo 3º colocado, com Gabriele Tarquini desta vez terminando como o melhor piloto Honda em quarto, logo à frente de Tiago Monteiro. Loeb chegou em sexto, seguido por Norbert Michelisz. O sérvio Dusan Borkovic completara em oitavo – mas acabou penalizado e perdeu a posição. O top 10 final apresentou Mehdi Bennani, James Thompson e Tom Coronel nos últimos lugares com direito a pontos.

O campeonato faz uma longa pausa, para que as equipes possam preparar seus equipamentos rumo ao Oriente. Daqui a dois meses, o WTCC volta com a primeira de duas provas consecutivas marcadas para a China, no circuito Goldenport, em 5 de outubro – uma semana antes da passagem por Xangai. O campeonato termina em Suzuka e Macau, no Circuito da Guia.

A classificação após oito rodadas e 16 corridas é esta:

1. José María López – 310 pontos; 2. Yvan Muller – 250; 3. Sébastien Loeb – 213; 4. Tiago Monteiro – 146; 5. Gabriele Tarquini – 121; 6. Tom Coronel e Norbert Michelisz – 100; 8. Gianni Morbidelli – 84; 9; Tom Chilton – 83; 10. Mehdi Bennani – 57; 11. Hugo Valente – 53; 12. Rob Huff – 37; 13. Ma Qing Hua – 33; 14. Dusan Borkovic – 17; 15. Mikhail Kozloviskiy – 11; 16. Franz Engstler – 6; 17. James Thompson – 5; 18. John Filippi – 4; 19. René Munnich – 3; 20. Pasquale di Sabatino – 2 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>