MENU

26 de setembro de 2014 - 16:59Rali Dakar

HRC com novidades para o Dakar 2015

RIO DE JANEIRO - A Honda vem com um time forte para a disputa da edição 2015 do Rali Dakar, o maior evento off-road do planeta, mais uma vez previsto para se realizar em território sul-americano, passando por Bolívia, Chile e Argentina, em mais de 10 mil km de percurso.

Cinco pilotos terão à disposição a Honda CRF450 Rally, com as novidades implementadas pelo HRC e total suporte do construtor japonês. Dois dos grandes destaques do time são o catalão Joan Barreda Bort e o português Hélder Rodrigues.

Sétimo colocado na última edição da prova, Barreda foi o piloto que mais especiais venceu (cinco), mas por pura impetuosidade, acabou alijado da disputa pela vitória. Sofreu acidentes que o impediram de ir mais além. Agora, o piloto de 31 anos promete ir a fundo em busca de uma conquista inédita, como um dos principais rivais do compatriota Marc Coma.

Hélder Rodrigues é outro que vem conquistando bons resultados no evento. Quinto colocado no ano passado, ele vai para o terceiro ano dentro do projeto do HRC para o Dakar. Com reputação de piloto veloz, técnico e muito regular, o luso pode conquistar também uma boa colocação – seu último pódio veio em 2012, quando ainda era da Yamaha.

Protagonista de uma das cenas mais comoventes na edição deste ano, quando sua moto pegou fogo durante uma etapa, o português Paulo Gonçalves também foi confirmado como piloto oficial HRC para o Dakar 2015. Ganhei um merecido puxão de orelhas de um leitor porque o piloto em questão é o campeão mundial Cross-Country da FIM. Eu peço desculpas, principalmente porque não acompanho a modalidade a fundo. Ninguém nasceu sabendo de tudo, não é mesmo?

Voltando à formação do time para 2015, as outras duas apostas surpreendem.

A escolha da espanhola Laia Sanz como piloto oficial não deixa de ser uma grande novidade. Aos 28 anos, ela chega ao ponto mais alto da carreira após um histórico 16º lugar na geral da edição deste ano. E quem completa a equipe HRC é o chileno Jeremías Israel Esquerre, piloto de 33 anos que surpreendeu positivamente na edição de 2014 do Rali após um 57º posto geral no ano passado. Com uma Speedbrain, Esquerre vinha numa excecpcional quarta colocação na geral até levar um tombaço e abandonar a disputa.

4 comentários

  1. Nuno Cópio disse:

    Sim os destaques da HRC para o Dakar são o Helder Rodrigues e o Juan Barreda, o Paulo Gonçalves tambem lá está e por acaso só é o CAMPEÃO MUNDIAL em titúlo da Categoria.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Não sou obrigado a saber tudo. Não acompanho o Cross-Country a fundo. Mil desculpas pela omissão desta informação.

      • Nuno Cópio disse:

        Sem problemas, mas nem sempre os nomes mais sonantes são os que vencem, Acredito que deve ser dificil seguir tudo o que tem motor. Tambem fiquei meio chateado porque conheço o Paulo e isso irritou-me de resto este não deixa de ser um dos blogs mais completos do desporto motorizado.

      • Rodrigo Mattar disse:

        De todo modo, obrigado pelo comentário e pelo elogio, meu caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>