MENU

23 de novembro de 2014 - 21:17Fórmula 3

Doze em dezesseis

240407_457832_pedro_piquet_corrida_1_goiania_sabado_2014__8_

Mais duas vitórias para o campeão da Fórmula 3 em Goiânia

RIO DE JANEIRO - Pedro Piquet fechou com chave de ouro o seu primeiro ano no automobilismo, em que foi o campeão antecipado da Fórmula 3 Brasil. Tanto em pista molhada quanto seca, o piloto da Cesário levou as duas provas da última rodada dupla do campeonato, disputadas neste fim de semana no Autódromo de Goiânia. Foram 12 vitórias ao total em 16 corridas na Classe A, sendo onze delas na classificação geral, seis pole positions e apenas um abandono. Uma temporada praticamente perfeita e o piloto fecha o ano com 211 pontos somados.

O vice foi de Lukas Moraes, da PropCar, superando por apenas um pontinho o rival argentino Bruno Etman, da Hitech Racing. Ele terminou em 3º lugar na prova #1, chegando ao total de 116 pontos. E acabou fora na prova #2 ao se envolver num acidente com o brasiliense Sérgio Sette Câmara, da Cesário. Etman somou os pontos do segundo lugar – mas acabou em terceiro no campeonato com 115.

Na classe Light, com Vítor Baptista já campeão, Matheus Iorio herdou a vitória na última etapa porque o piloto da Cesário foi punido com acréscimo de 20 segundos no tempo final de prova. Outro Matheus, o Leist, ganhou a prova #1 no sábado, sacramentando assim o vice desta divisão, deixando seu xará na 3ª colocação.

A categoria fechou o ano com 14 carros apenas, abaixo do que se esperava, mas a Fórmula 3 Brasil sobreviveu após uma temporada difícil em 2013 e a expectativa é que o nível melhore em 2015.

Resultado da prova #1:

1. Pedro Piquet (Cesário), 21 voltas em 32’02″070, média de 150,84 km/h
2. Sérgio Sette Câmara (Cesário), a 15″024
3. Lukas Moraes (PropCar), a 25″631
4. Matheus Leist (Cesário), a 36″761
5. Bruno Etman (Hitech Racing), a 40″374
6. Victor Miranda (PropCar), a 1’10″238
7. Mauro Auricchio (RR Racing), a 1 volta
8. Fernando Croce (PropCar), a 1 volta
9. Ryan Verra (RR Racing), a 4 voltas
10. Artur Fortunato (A. Fortunato F3 Racing), a 8 voltas

Resultado da prova #2:

1. Pedro Piquet (Cesário), 21 voltas em 31’36″869, média de 152,84 km/h
2. Bruno Etman (Hitech Racing), a 10″018
3. Raphael Raucci (RR Racing), a 16″301
4. Matheus Iorio (Hitech Racing), a 17″125
5. Fernando Croce (PropCar), a 25″924
6. Vítor Baptista (Cesário), a 27″009
7. Mauro Auricchio (RR Racing), a 35″535
8. Ryan Verra (RR Racing), a 2 voltas
9. Matheus Leist (Cesário), a 10 voltas
10. Artur Fortunato (A. Fortunato F3 Racing), a 11 voltas

Classificação final:

Classe A

1. Pedro Piquet – 211 pontos; 2. Lukas Moraes – 116; 3. Bruno Etman – 115; 4. Artur Fortunato – 83; 5. Raphael Raucci – 81; 6. Leonardo de Souza – 49; 7. Sérgio Sette Câmara – 42; 8. Fernando Croce – 32; 9. Renan Guerra – 27; 10. Mauro Auricchio – 13; 11. Arthur Oliveira – 9 e 12. Gaetano Di Mauro – 3 pontos.

Classe Light

1. Vítor Baptista – 207 pontos; 2. Matheus Leist – 115; 3. Matheus Iorio – 99; 4. Victor Miranda – 96; 5. Renan Guerra – 49; 6. Mauro Auricchio – 34; 7. Alexandre Doretto – 30; 8. Ryan Verra – 21; 9. Gabriel Kenji Sena – 12; 10. Ricardo Landucci e Francisco Alfaya – 10 e 12. Nicholas Silva – 5 pontos

7 comentários

  1. Wallace Michel disse:

    Impressionante a falta de divulgação da F3 aqui em Goiânia. Não saiu em nenhum órgão da imprensa local que teríamos a corrida aqui,

  2. Granito disse:

    Rodrigo o Piquet venceu doze na categoria e onze (11) na geral e não dez . As outras vitórias na geral foram o Lukas Moraes e Renan Guerra em Interlagos e as 3 de Vitor Baptista da light em Santa Cruz ( onde venceu Piquet na principal) , Velopark ( onde na principal deu Leonardo Souza) e Curitiba ( onde venceu Arthur Fortunato na principal.
    Acho que é isso , depois checo nos arquivos pra confirmar

  3. Herik disse:

    Tomara que não vire mais um foguete molhado do automobilismo.

  4. luiz alberto disse:

    Torcer para que a promessa vingue , pois o automobilismo brasileiro esta precisando de pilotos que demonstrem vontade de serem campeões e não só de bons , acomodados e obedientes pilotos que levam mais de meia temporada para se entender com o carro do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>