MENU

18 de novembro de 2014 - 21:39Mundial de Endurance

O Rato ruge de novo

Emerson_Fittipaldi_01pop

RIO DE JANEIRO - Agora deixou de ser segredo: Emerson Fittipaldi vai disputar as 6h de São Paulo no próximo dia 30 de novembro, na última etapa da temporada do WEC. Aos 67 anos, o bicampeão mundial de Fórmula 1 e das 500 Milhas de Indianápolis vai guiar uma Ferrari F458 Italia da classe LMGTE-AM, alinhada pela escuderia italiana AF Corse.

O anúncio será amanhã, em coletiva de imprensa marcada para um hotel em São Paulo. Os detalhes estão no Grande Prêmio, que matou a tapa e deu o furo.

5 comentários

  1. Fernando Lima disse:

    Vai ser simplesmente sensacional…não importa a posição em que largar…tampouco a qual vai chegar…o importante é que, assim como caso seja a última do Tom Kristensen, estarei lá e será uma honra presenciar este momento.
    Vai que bate uma vontade no Nelsão Piquet também…mas ai acho que é sonhar demais.

  2. Fabricio disse:

    Olha… eu gostei dele ter voltado, e ainda mais em uma equipe de fábrica. Nem que isso tenha sido um evento para atrair gente para o evento, já que ele faz parte do negócio. Mas sobre o “furo” discordo completamente, já que eu estava sentado no PC lendo alguma coisa, com o Jornal Nacional ligado na tv, e na hora entrei no site pra ver se tinha alguma informação mais detalhada sobre o assunto e nada. Antes mesmo eles já tinham chamado em uma vinheta que o Emerson ia voltar as pistas. Só depois que saiu a notícia no JN que ele iria volta a pilotar, e uma Ferrari, é que apareceram os detalhes de onde e como no GP.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Olha, equipe de fábrica teoricamente não é. Ainda mais na LMGTE-AM. E quanto ao furo, sorry, mas dessa vez foi do Grande Prêmio e não do telejornal da RGT.

  3. Fabricio disse:

    A AF Corse, segundo o GP ele vai correr num carro deles, não é uma das equipes de fábrica da Ferrari? Não existe A equipe Ferrari, assim como também não tem a da Porsche, mas existem equipes que são apoiadas diretamente por essas duas fábricas. Mesmo sendo para a classe GTE-AM, sempre achei que a AF Corse, equipe do piloto reserva da Ferrari na F1, Fisichella, fosse de fábrica.

    Sobre o furo, eu entendo e respeito o teu rancor, mas acho que não foi bem assim não. Mandei uma mensagem ao FG para que apurem o acontecido, se é que interessa, já que pode ter sido uma falha no sistema.
    A B R A Ç O. ;-)

    • Rodrigo Mattar disse:

      A AF Corse é equipe oficial só na LMGTE-PRO. Na LMGTE-AM, não. E quanto a um rancor, não. Não tem rancor nenhum. É impressão sua. Só não tenho que dar moral a quem me tratou feito cachorro. Só isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>