MENU

16 de janeiro de 2015 - 17:54Rali Dakar

Em solo argentino, brilharete de Terranova; Al-Attiyah sossegado

orlando-terranova-vencio-tercera-etapa-del-rally-dakar-2015-1420564281004

RIO DE JANEIRO - Décimo-oitavo colocado na classificação geral entre os carros, Orlando “Orly” Terranova resolveu presentear seus compatriotas com sua quarta vitória em especiais neste Rali Dakar a bordo do Mini #305. O piloto de 35 anos, prejudicado por uma capotagem numa das etapas e por problemas técnicos que o afastaram de uma possível briga pelo pódio, segue na disputa com dignidade. Ele e o navegador Bernardo Graue concluíram a 12ª etapa de 298 km cronometrados entre Termas de Río Hondo e Rosario em 3h04min06seg.

Aliás, vários underdogs deram as caras entre os primeiros colocados: o russo Vladimir Vasiliev, de campanha irregular na competição, com uma vitória em especiais e vários desempenhos medianos, chegou em segundo a apenas 30seg de Terranova. E o também argentino Emiliano Spataro, que muitos conhecem de provas de monoposto e turismo, foi o terceiro mais veloz na trilha com seu Renault Duster.

Nasser Al-Attiyah mantém sua firme liderança na classificação geral e está muito perto do segundo título no Rali Dakar (o primeiro foi em 2011, com o Volkswagen Touareg TDi). O catari chegou em 4º lugar na penúltima etapa, a apenas 1min37seg de Terranova – e com vantagem de quase sete minutos para Giniel De Villiers. O sul-africano enfrentou problemas ao longo do dia com seu Toyota da equipe Imperial, chegou em 12º lugar hoje e entregou os pontos. Parece resignado em faturar o terceiro vice-campeonato nas últimas cinco edições da prova (quarto da carreira). O campeão de 2009 – na primeira edição em terras sul-americanas – não deve estar nem um pouco feliz.

Na briga pelas posições intermediárias, o holandês Bernhard Ten Brinke hoje conseguiu um importante 5º lugar na trilha, à frente do português Carlos Sousa, com quem briga pela sétima posição geral. O “Professor” está menos de três minutos atrás do rival e a situação pode ser revertida na última etapa.

Stéphane Peterhansel ainda briga para completar entre os dez primeiros, mas não será uma tarefa fácil. O Monsieur Dakar foi o 7º colocado, mas sua diferença para o compatriota Ronan Chabot, décimo na geral, é de 27 minutos. Bem difícil, portanto. A caminho do pódio, o polonês Krzyzstof Holowczyc foi oitavo na penúltima etapa, com Robby Gordon e Aidyn Rakhimbaev, do Cazaquistão, completando os dez mais rápidos. Como curiosidade, o lituano Benediktas Vanagas, que surpreendera ontem com o quarto lugar na 11ª especial, foi nada menos que o último entre os 66 carros que chegaram a Rosario.

Ricardo Leal dos Santos e o brasileiro Edu Sachs cumpriram boa etapa a bordo do Nissan Navara #360. Terminaram em 17º lugar na etapa com o tempo de 3h15min26seg. A dupla mantém a 25ª posição na classificação geral e, assim como Suguita, Sachs está a caminho de completar em sua estreia o seu primeiro Dakar.

Classificação da etapa #12 nos carros:

1º #305 Orlando Terranova/Bernardo Graue (Mini) – 3h04min06seg
2º #310 Vladimir Vasiliev/Konstantin Zhiltsov (Mini) – 3h04min36seg
3º #316 Emiliano Spataro/Benjamin Lozada (Renault) – 3h05min35seg
4º #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel (Mini) – 3h05min43seg
5º #315 Bernhard Ten Brinke/Tom Colsoul (Toyota) – 3h05min56seg
6º #306 Carlos Sousa/Paulo Fiuza (Mitsubishi) – 3h05min58seg
7º #302 Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Peugeot) – 3h08min10seg
8º #307 Krzysztof Holowczyc/Xavier Panseri (Mini) – 3h08min45seg
9º #308 Robby Gordon/Johnny Campbell (Gordini) – 3h09min26seg
10º #329 Aidyn Rakhimbaev/Anton Nikolaev (Mini) – 3h10min21seg

Classificação geral:

1º #301 Nasser Al-Attiyah/Matthieu Baumel – 40h18min30seg
2º #303 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz – 40h54min09seg
3º #307 Krzyzstof Holowczyc/Xavier Panseri – 41h50min21seg
4º #314 Erik Van Loon/Wouter Rosegaar – 43h20min04seg
5º #310 Vladimir Vasiliev/Konstantin Zhiltsov – 43h30min49seg
6º #309 Christian Lavieille/Pascal Maimon – 43h33min46seg
7º #315 Bernhard Ten Brinke/Tom Colsoul – 44h00min23seg
8º #306 Carlos Sousa/Paulo Fiuza – 44h03min05seg
9º #329 Aidyn Rakhimbaev/Anton Nikolaev – 44h26min17seg
10º #320 Ronan Chabot/Gilles Pillot – 45h00min07seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>