MENU

22 de janeiro de 2015 - 22:48Rali

Rali de Monte-Carlo: Loeb brilha e lidera primeiro dia

WRC-Monte-Carlo-etape-1-Loeb-devant-Ogier_articlethumbnail

RIO DE JANEIRO - Desculpem o clichê, mas no caso de Sébastien Loeb, precisa ser usado. Quem é rei, nunca perde a majestade. Afastado há mais de um ano das provas da modalidade que o consagrou como um dos maiores pilotos da história, o francês continua em grande forma na abertura da temporada 2015 do WRC – o Rali de Monte-Carlo.

Loeb e seu fiel navegador Daniel Elena começaram na liderança da classificação geral numa das mais tradicionais provas da modalidade. A quinta-feira teve somente duas provas cronometradas, é verdade, mas o multicampeão apresentou armas e deixou claro que, se quiser começar o ano vencendo, o bicampeão Sébastien Ogier terá que guiar tudo o que sabe e mais um pouco para superar o piloto da Citroën.

A primeira especial (Entrevaux-Rouaine), com pouco mais de 21 km de percurso, foi o cartão de visita de Seb. O piloto foi nada menos que 22 segundos melhor que o estoniano Ött Tänak, com um Ford Fiesta. E bateu Ogier por quase meio minuto. Kris Meeke foi outro que começou forte, com o quarto melhor tempo do estágio, seguido por Mads Östberg e Thierry Neuville. Atual vice-campeão, Jari-Matti Latvala foi apenas o oitavo.

No SS2 de 19,68 km entre Norante e Dinge les Bains, Ogier deu o troco em Loeb: foi 17″6 melhor que o rival, cravando o melhor tempo da especial com mais de dez segundos de avanço sobre Latvala. Elfyn Evans acabou o trecho cronometrado em quarto, com Andreas Mikkelsen em quinto. Se no primeiro tramo a Citroën foi muito bem, no segundo a Volkswagen engrossou as coisas.

Ambas as especiais foram disputadas à noite, o que dificultou bastante a vida dos competidores. Some-se ao breu das estradas, quebrado apenas pelos faróis, o frio intenso do inverno europeu (0º na hora da largada da primeira especial) e as estradas escorregadias pela neve, que fizeram logo as primeiras vítimas. Segundo colocado ano passado, Bryan Bouffier despistou-se e já está fora da disputa. Também o polonês Robert Kubica foi vítima do seu proverbial azar: com problemas mecânicos, despencou para 32º na geral.

Nas classes WRC2 e JWRC/WRC3, a Citroën também lidera, respectivamente com Stéphane Lefevbre e Quentin Gilbert. Nesta sexta-feira, o Rali de Monte-Carlo tem sequência com a disputa de mais seis provas especiais cronometradas.

Classificação geral após o primeiro dia:

1. Loeb-Elena (Citroen DS3 Wrc) em 30’08″2
2. Ogier-Ingrassia (VW Polo Wrc) a 13″3
3. Latvala-Anttila (VW Polo Wrc) a 36”1
4. Tanak-Molder (Ford Fiesta RS Wrc) a 38”6
5. Evans-Barritt (Ford Fiesta RS Wrc) a 47”4
6. Meeke-Nagle (Citroen DS3 Wrc) a 59”8
7. Mikkelsen-Floene (VW Polo Wrc) a 59”9
8. Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 Wrc) a 1’06”8
9. Ostberg-Andersson (Citroen DS3 Wrc) a 1’08”7
10. Solberg-Minor (Ford Fiesta RS Wrc) a 1’17”6

1 comentário

  1. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Como é a pontuação no Campeonato Mundial de Rali para pilotos e construtores?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>