MENU

26 de janeiro de 2015 - 17:11Rali

Rali de Monte-Carlo: triunfo anunciado de Ogier

Victoire-princiere-d-Ogier-a-Monaco_articlethumbnail

Ogier lidera a trifeta Volkswagen e vence na abertura do Mundial de Rali

RIO DE JANEIRO - Sébastien Ogier foi o grande vencedor da abertura do World Rally Championship (WRC). O piloto da Volkswagen faturou neste fim de semana mais uma edição do Rali de Monte-Carlo, disputado por mais de 90 duplas inscritas e que enfrentaram muito frio e neve nas estradas do Principado e da França.

O bicampeão mundial só teve alguma oposição no primeiro dia, quando Sébastien Loeb foi espetacular e foi o mais rápido. Até um muro entrar no meio do caminho do multicampeão e a vida do piloto da Volkswagen ficar mais tranquila. Ogier guiou até o fim no chamado “modo de segurança” e prevaleceu a hierarquia do construtor germânico, com Jari-Matti Latvala em 2º a 58 segundos do companheiro de equipe e Andreas Mikkelsen na 3ª posição, mais de dois minutos atrás.

Na etapa final, no famoso Col de Turini, o melhor tempo do Power Stage foi de Kris Meeke. O irlandês conseguiu um prêmio de consolação após um Rali cheio de problemas. Não só ele: Sébastien Loeb recuperou-se bem, chegou em segundo na última etapa, levou mais dois pontos extras e acabou a prova em 8º lugar na geral, superando o tcheco Martin Prokop, o melhor entre os não-oficiais de fábrica durante o evento. Latvala foi o terceiro mais rápido, o que o deixa com 19 pontos no Mundial de Pilotos, contra 25 de Ogier.

O Mundial de Construtores dá a largada com o predomínio – nem um pouco surpreendente – da Volkswagen, que fez a pontuação máxima e sai de Monte-Carlo com 43 pontos, contra 27 da Hyundai e 12 da M-Sport Ford.

A divisão WRC2 teve vitória da dupla formada por Stéphane Lefevbre/Stéphane Prevot, a bordo do Citroën DS3 R5 da PH Sport. Eles terminaram em 12º lugar na geral. O pódio teve ainda Craig Breen/Scott Martin (Saintéloc Junior Team/Peugeot 208 T16) e Armin Kremer/Klaus Wicha (Skoda Fabia S2000/BRR Baumschlager Rally Team). Na JWRC/WRC3, triunfo de Quentin Gilbert/Renaud Jamoul, com um Citroën DS3 R3T.

O resultado final do 83º Rali de Monte-Carlo:

1. Ogier-Ingrassia (VW Polo Wrc) em 3.36’40”2
2. Latvala-Anttila (VW Polo Wrc) a 58”0
3. Mikkelsen-Floene (VW Polo Wrc) a 2’12”3
4. Ostberg-Andersson (Citroen DS3 Wrc) a 2’43”6
5. Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 Wrc) a 3’12”1
6. Sordo-Marti (Hyundai i20 Wrc) a 3’12”9
7. Evans-Barritt (Ford Fiesta RS Wrc) a 5’23”7
8. Loeb-Elena (Citroen DS3 Wrc) a 8’34”7
9. Prokop-Tomanek (Ford Fiesta RS Wrc) a 9’54”8
10. Meeke-Nagle (Citroen DS3 Wrc) a 10’55”6

Classificação do Mundial após uma etapa:

1. Sébastien Ogier – 25 pontos; 2. Jari-Matti Latvala – 19; 3. Andreas Mikkelsen – 15; 4. Mads Ostberg – 12; 5. Thierry Neuville – 10; 6. Dani Sordo – 8; 7. Elfyn Evans e Sébastien Loeb – 6; 9. Kris Meeke – 4; 10. Martin Prokop – 2 pontos.

3 comentários

  1. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Como é a pontuação do campeonato?
    Por que existe empate entre Elfyn Evans e Sébastien Loeb?
    Como é a pontuação dos construtores?
    E nas outras classes?

    • Rodrigo Mattar disse:

      Tarcisio, a pontuação é padrão FIA – 25-18-15-12-10-8-6-4-2-1 – porém a última especial dá pontos extras aos três mais rápidos: 3 para o primeiro, 2 para o segundo e 1 para o terceiro. Nos Construtores, a pontuação é a mesma dos pilotos, mas aí são computados os dois melhores resultados por inscrição de construtor/equipe e nem todas são válidas para o WRC todo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>