MENU

7 de fevereiro de 2015 - 19:29Super GT

Kövalainen no Japão

kovalainen

RIO DE JANEIRO - Da Fórmula 1 para o Japão: após disputar 111 GPs entre 2007 e 2013, defendendo as equipes Renault, McLaren, Caterham e Lotus, Heikki Kövalainen vai disputar a temporada 2015 do Super GT, um dos principais certames de Grã-Turismo do Oriente.

O piloto de 33 anos, que conquistou uma vitória e quatro pódios na categoria máxima do automobilismo, foi uma grande decepção na F1 após sua passagem meteórica e vitoriosa na Fórmula 3 internacional, World Series by Renault e GP2 Series, categoria da qual foi o primeiro vice-campeão, em 2005. O nórdico assinou nesta semana com o Team Kobelco-SARD para competir na classe GT500 com um Lexus RC-F ao lado do experiente japonês Kohei Hirate. Ano passado, Kova havia feito testes com um BMW M4 do DTM.

Kövalainen fecha assim o lote de pilotos da Toyota (leia-se Lexus) na divisão principal. O construtor terá seis carros na temporada: Yuji Kunimoto/Kazuya Oshima (Lexus Team Le Mans ENEOS #6); Yuhi Sekiguchi/Juichi Wakisaka (Lexus Team WedsSport Bandoh #19); Daisuke Ito/James Rossiter (Lexus Team Petronas Tom’s #36); Andrea Caldarelli/Ryo Hirakawa (Lexus Team KeePer Tom’s #37); Hiroaki Ishiura/Yuji Tachikawa (Lexus Team ZENT Cerumo #38) e Heikki Kövalainen/Kohei Hirate (Lexus Team Kobelco-SARD #39).

Nove outros bólidos já estão confirmados para o Super GT 2015, mas todos na GT300. A equipe campeã desta subclasse, liderada pelo ex-piloto de Fórmula 1 Ukyo Katayama, vai disputar a temporada com uma Mercedes SLS AMG GT3 em substituição à BMW Z4 E89 GT3. Também a Cars Tokäi Dream 28 traz como novidade o Lotus Evora, em substituição ao McLaren MP4-12C GT3. A Jim Gainer alinha dois modelos diferentes – um Nissan e um Mercedes. Já foi confirmada também a presença do novo Toyota 86 (chassi padrão Dome) para Takamitsu Matsui/Takeshi Tsuchiya, além de um novo Lexus RC-F GT3 para a equipe LM Corsa, que ainda não definiu sua tripulação para 2015.

O campeonato 2015 do Super GT terá oito etapas e começa em Okayama, no dia 5 de abril, com uma prova de 300 km de percurso.

3 comentários

  1. Hugo Cardozo disse:

    Só uma correção: Nico Rosberg foi campeão da GP2 Series de 2005, o Heikke Kövailanen foi o vice-campeão.

  2. Gustavo Oliveira disse:

    Esse projeto da Toyota com a Dome, o 86, é um conceito bem interessante. O chassi foi desenvolvido tanto para correr no Super Gt, quanto para ser vendido a outras montadoras interessadas em usa lo na construção de novos esportivos.

    Dizem que vai correr até no IRC já em 2015 e de que a Subaru tem uma ideia muito parecida com o BRZ Gt300.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>