MENU

8 de março de 2015 - 18:20WTCC

López vence em casa e Loeb quebra sequência argentina no WTCC

1425842594

Mais do mesmo: Citroën vence na abertura do WTCC, mas Sébastien Loeb quebrou a sequência de “Pechito” López

RIO DE JANEIRO - A abertura do Mundial de Carros de Turismo neste ano de 2015 teve o mesmo filme do ano passado: duas vitórias da Citroën com seus C-Elysée. Mas o enredo desta vez foi diferente. Vindo de três conquistas seguidas no circuito argentino de Termas de Río Hondo, diante de sua torcida, o atual campeão “Pechito” López não decepcionou seus fãs e ganhou a prova inaugural da temporada.

Pole position, o piloto do #37 encontrou resistência apenas nas primeiras voltas, com Yvan Muller muito próximo. Mas o forte calor de 34ºC não deu hipóteses ao francês, que perdeu terreno e consequentemente a chance de vitória. Restou a ele coadjuvar o 1-2-3 que teve ainda Sébastien Loeb em terceiro.

O best of the rest foi o português Tiago Monteiro, 4º colocado com seu Honda Civic WTCC, à frente do companheiro de equipe, o veterano Gabriele Tarquini. Vindo da última fila, Norbert Michelisz conseguiu um belíssimo 6º lugar e a vitória entre os pilotos independentes, sem vínculo com equipes oficiais de fábrica.

A estreia dos novos Lada Vesta foi cheia de contratempos. James Thompson teve problemas logo na primeira volta da primeira corrida e Rob Huff também abandonou a disputa cedo, ao ser tirado da pista pelo marroquino Mehdi Bennani, que foi “premiado” com um drive through. Outro que enfrentou percalços foi Hugo Valente, novamente em razão de uma falha de freio em seu Chevy Cruze. No acidente, o francês danificou seu carro e teve que abrir mão da disputa na prova #2.

Esta corrida teve James Thompson largando da pole, num belo trabalho da turma de mecânicos da equipe oficial Lada Sport Rosneft. Mas a largada foi caótica: o próprio Thompson colidiu com o italiano Stefano D’Aste, o que acabou com as chances dos dois. O Citroën do chinês Ma Qing Hua assumiu a liderança, seguido por Sébastien Loeb. Mas o piloto do #33 cometeu um erro, no que foi imitado por Tom Coronel. Por excesso de óleo na pista, o Safety Car interveio e Ma, com a temperatura altíssima no motor em decorrência de detritos no radiador, parou nos boxes para a limpeza necessária.

Loeb relargou na frente e a corrida, que teria 13 voltas, passou a ter 15. E o francês, que não ganhava desde a prova #1 na Eslováquia, perfazendo 17 corridas – contando com a primeira deste ano – segurou a pressão de “Pechito” López e venceu com autoridade – 4″690 à frente de López, que tem sua sequência de triunfos quebrada em Termas de Río Hondo. Mas é “Pechito” que sai na frente em busca do bicampeonato, somando 48 pontos na primeira rodada. Loeb está na vice-liderança, com 43.

O pódio da prova #2 não teve 1-2-3 do construtor francês porque Yvan Muller chegou apenas em 12º lugar: Tiago Monteiro foi de novo o melhor do resto e levou seu Honda Civic WTCC ao primeiro pódio do ano, novamente secundado por Gabriele Tarquini. Mehdi Bennani não fez besteira dessa vez e com a 5ª colocação foi o melhor dos independentes.

Único estreante do WTCC neste fim de semana, o francês Grégoire Demoustier já entrou para os compêndios da categoria: somou seu primeiro pontinho com o 10º lugar na prova #2 a bordo do Chevy Cruze da Craft-Bamboo Racing, equipe que regressa ao certame após uma experiência no WEC como equipe associada à Aston Martin.

A próxima rodada dupla do Mundial de Carros de Turismo será no palco da abertura dos campeonatos mais recentes, em Marrakech, no Marrocos, no dia 19 de abril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>