MENU

14 de março de 2015 - 22:41Automobilismo Internacional

Porsche vence as 12h de Mugello

11059657_627901884009592_6186089003321002521_n

RIO DE JANEIRO - Cavalo de batalha que se preza “peleia” até o fim. Pois o bom e velho Porsche 997 GT3 R, mesmo com os dias contados na Endurance mundial, ainda queima muita lenha. O carro #7 inscrito pelo HB Team Herberth da Alemanha e conduzido por Robert e Alfred Renauer, mais Ralf Böhn e Daniel Allemann, venceu neste sábado a edição 2015 das 12h de Mugello, segunda prova válida pela 24H Series, promovida pela Creventic, da Holanda.

Assumindo a ponta na volta 185, o quarteto do Porsche travou uma luta titânica com o Mercedes SLS AMG GT3 #30 de Adam Christodoulou/Paul White/Tom Onslow-Cole, da RAM Racing. Antes disso, os britânicos tiveram problemas durante um Code 60, em que os carros são obrigados a andar em velocidade reduzida, afora um reabastecimento malsucedido que os deixou com voltas de atraso. Para pôr um pouco mais de emoção, o Porsche teve problemas de seleção de marchas e a despeito de uma parada mais longa que o habitual, o carro #7 voltou à pista na frente da Merça e venceu com quase uma volta de vantagem.

Resultado final das 12h de Mugello AQUI.

A 3ª colocação ficou com outra Mercedes, esta inscrita pela Hofor Racing com o dorsal #9. O carro guiado por Kenneth Heyer/Christian Frankenhout/Chantal Kroll/Roland Eggimann/Michael Kroll completou nove voltas a menos que os dois primeiros colocados. Pole position, a Ferrari #66 da Black Pearl Racing by Rinaldi acabou em quarto, com 331 voltas percorridas e com apenas um segundo e quatro décimos de vantagem para uma terceira Mercedes – a da GDL Racing, que chegou na 5ª posição após ser ultrapassada no último giro da disputa.

Na classe 997, a vitória foi do dominante Porsche Cup de Patrice e Paul Lafargue, que contou ainda com Gabriel Abergel. O carro da Ruffier Racing foi o 6º colocado. O MARC Focus V8 de Keith Kassulke/Jake Camillieri/Ryan McLeod/Peter Leemhuis foi o mais bem colocado entre os inscritos da SP2, com a 14ª posição ao fim da disputa. Já o Ginetta G50 GT4 da Optimum Motorsport fez jus ao triunfo na SP3, enquanto a Duller Motorsport, da Áustria, levou a melhor na divisão A5 com sua boa e velha BMW M3 E46. A NKPP Racing, da Holanda, ganhou na A3T com um Seat León Cup Racer. O Team K-Rejser, com um Peugeot RCZ, faturou fácil a classe A2, assim como a Bonk Motorsport venceu na Cup1.

O próximo desafio da 24H Series será na Holanda, com a disputa das 12 Horas no tradicional circuito de Zandvoort, no último final de semana de maio.

2 comentários

  1. luigi disse:

    É ; entra ano ,sai ano e o carro com um belíssimo motor de popa ,continua dando trabalho a carros com projeto bem mais moderno. Vamos reconhecer que os engenheiros da casa de Stuttgart sabem como lapidar cada vez melhor a sua joia ,um carro que é de uma ideia clássica desde os primeiros 356 e vem evoluindo a 66 anos sem sair da ideia básica é para ficar como um dos grandes projetos automobilísticos da história. Parabéns a Porsche e seus competentes engenheiros.

  2. Jeremias Campos de Maio disse:

    Code 60? Como assim, no meio da corrida os carros são obrigados a diminuir o ritmo pelo regulamento? Rezemos para que Tio Bernie nunca tome conhecimento disso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>