MENU

9 de junho de 2015 - 19:00WTCC

WTCC: Muller e Monteiro triunfam na Rússia

WTCC_MOSCOW_814-800x533

Melhor do resto: Tiago Monteiro venceu em Moscou, consolidando-se como a quarta força do WTCC

RIO DE JANEIRO - A 5ª rodada dupla do Mundial de Carros de Turismo (WTCC), disputada neste domingo no Moscou Raceway, presenciou um fato raro nos dois últimos anos da competição: o argentino José María “Pechito” López ficou fora da zona de pontuação, um fato que não ocorria justamente desde a corrida inaugural do WTCC naquele circuito. Mesmo assim, o argentino continua na liderança do campeonato, pois chegou em 2º lugar na prova #1, o que o levou para 199 pontos na classificação. “Pechito” chegou em 12º lugar na prova #2 por um motivo simples: queima de largada, que levou o piloto a cumprir um “drive through”.

Em contrapartida, o fim de semana foi dos melhores para Yvan Muller, que fez a pole com autoridade no treino oficial e venceu a corrida #1, batendo López de forma incontestável. Na prova #2, o francês chegou em 6º lugar, vindo da nona posição em decorrência da inversão do grid com o resultado do Q2. O piloto da Citroën chegou a 164 pontos, 35 atrás de “Pechito”.

Na prova #2, o português Tiago Monteiro tirou partido da pole e liderou de ponta a ponta para conquistar sua primeira vitória no ano e a primeira da equipe Honda de fábrica. Rob Huff fez uma corrida espetacular com o Lada Vesta e chegou em 2º, após terminar na quarta colocação na prova #1. O construtor russo, aliás, teve seu melhor fim de semana no WTCC, com Nick Catsburg chegando em quarto em sua primeira prova pela marca. Jaap Van Lagen também teve bom desempenho. A Citroën passou por uma situação inédita desde sua estreia na categoria: pela primeira vez em 17 eventos, não teve um piloto terminando entre os três primeiros no pódio.

O resultado final da corrida #1 em Moscou:

1 – Yvan Muller (Citroën C-Elysée) – Citroën – 16 voltas em 27’04”214
2 – José Maria Lopez (Citroën C-Elysée) – Citroën – 2”933
3 – Gabriele Tarquini (Honda Civic) – Honda JAS – 4”392
4 – Rob Huff (Lada Vesta) – Lada – 4”684
5 – Ma Qing Hua (Citroën C-Elysée) – Citroën – 7”082
6 – Tom Chilton (Chevrolet Cruze) – Roal – 8”724
7 – Norbert Michelisz (Honda Civic) – Zengo – 10”394
8 – Tiago Monteiro (Honda Civic) – Honda JAS – 12”809
9 – Sébastien Loeb (Citroën C-Elysée) – Citroën – 13”463
10 – Jaap Van Lagen (Lada Vesta) – Lada – 14”044

O resultado final da corrida #2 foi este:

1 – Tiago Monteiro (Honda Civic) – Honda JAS – 16 voltas em 27’12”922
2 – Rob Huff (Lada Vesta) – Lada – 3”155
3 – Norbert Michelisz (Honda Civic) – Zengo – 5”549
4 – Nicky Catsburg (Lada Vesta) – Lada – 8”074
5 – Ma Qing Hua (Citroën C-Elysée) – Citroën – 12”188
6 – Yvan Muller (Citroën C-Elysée) – Citroën – 14”674
7 – Sèbastien Loeb (Citroën C-Elysée) – Citroën – 18”010
8 – Hugo Valente (Chevrolet Cruze) – Campos – 20”803
9 – Tom Chilton (Chevrolet Cruze) – Roal – 20”968
10 – Tom Coronel (Chevrolet Cruze) – Roal – 21”207

Classificação do campeonato:

1. José María López – 199 pontos
2. Yvan Muller – 164
3. Sébastien Loeb – 135
4. Tiago Monteiro – 102
5. Ma Qing Hua – 84
6. Norbert Michelisz – 82
7. Gabriele Tarquini – 76
8. Tom Chilton – 55
9. Rob Huff – 41
10. Mehdi Bennani – 40
11. Hugo Valente – 35
12. Tom Coronel – 24
13. Stefano D’Aste – 16
14. Nick Catsburg – 12
15. James Thompson – 6
16. John Filippi – 5
17. Rickard Rydell e Jaap Van Lagen – 3
19. Grégoire Demoustier – 2
20. Sabine Schmitz – 1

2 comentários

  1. Gustavo disse:

    E o melhor lance da prova de Moscou do WTCC fez a prova da F-1 no Canadá parecer um sonífero sem graça.

    https://www.youtube.com/watch?v=lguaHTegJo0

    Show de bola !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>