MENU

17 de agosto de 2015 - 16:06Asian Le Mans Series

AsLMS: grid começa a tomar forma

RIO DE JANEIRO - Ainda falta um tempinho bem razoável para o Asian Le Mans Series começar. O campeonato larga em outubro com uma prova preliminar do FIA WEC em Fuji, no Japão. E por ser um certame que larga no fim deste ano e termina em janeiro de 2016, certamente haverá o interesse de algumas equipes em disputar o AsLMS – até porque a categoria oferece vagas diretas para as 24h de Le Mans – três, para ser mais exato: duas para a LMP2 e uma para a LMGTE-AM.

Os organizadores, agora capitaneados pelo ACO através do diretor nomeado, Cyrille-Taesch Wahlen, já contam com pelo menos 13 inscrições para a temporada, podendo haver mais.

A classe LMP2 tem até aqui três equipes confirmadas. Participante do ELMS, a Eurasia Motorsport, com bandeira das Filipinas, vai entrar no certame em busca de seu primeiro título. O primeiro contratado é o britânico Richard Bradley, cuja carreira sempre foi baseada na Ásia. Ele defende a KCMG no WEC e foi campeão das 24h de Le Mans na categoria LMP2 neste ano.

A Race Performance, de Michel Frey e Ralph Meichtry, cessou suas operações no ELMS por falta de patrocínio e buscou novos apoiadores para a campanha no certame asiático, no qual participará integralmente. Os pilotos ainda não foram definidos, assim como os da equipe portuguesa Algarve Pro Racing, confirmada com seu Ligier JS P2 Nissan. Em contrapartida, o campeão de 2014 David Cheng está mais do que confirmado: o sino-estadunidense que defendeu a OAK Racing vai com um time próprio no AsLMS – a DC Racing, com um protótipo Ligier JS P3 da classe LMP3.

Há ainda mais dois Ligier JS P3 para a equipe Eurointernational, enquanto um segundo construtor dos quatro que já foram aprovados para construir chassis para a LMP3 fará sua estreia: a ADESS AG, da Alemanha, vendeu uma unidade para o Team AAI, de Taiwan.

Enquanto não se comenta sobre possíveis participantes com os protótipos CN (e olha que há oito chassis disponíveis no mercado), a divisão GT, aberta aos modelos LMGTE, GT3 FIA e GT300 do Super GT, deve ter um incremento de competidores. Seis já foram anunciados: o Team AAI terá pelo menos uma BMW Z4 GT3; a Spirit of Race – com know-how da AF Corse – vai de Ferrari F458 Italia, assim como a novata Nexus Infinity; a Absolute Racing confirmou a inscrição de um Audi R8 LMS Ultra; a Clearwater Racing deve ter uma Ferrari F458 GT3 e até a ARC Bratislava, da Eslováquia, participará do AsLMS – sem confirmar seu equipamento até agora.

O calendário do AsLMS 2015/16 é este:

11 de outubro – 2h de Fuji (em conjunto com o WEC)
8 de novembro – 3h de Sepang
10 de janeiro – 3h de Buriram
24 de janeiro – 3h de Sepang

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>