MENU

6 de agosto de 2015 - 12:45Super GT

Super GT com mais de 40 carros inscritos em Fuji

387_photo-079

Após o 4º lugar em Buriram, João Paulo de Oliveira e seu parceiro Hironobu Yasuda tentam a primeira vitória no Super GT domingo, em Fuji

RIO DE JANEIRO - Neste domingo, o Super GT está de volta às pistas após uma pausa de quase dois meses desde o evento no Buriram International, na Tailândia. Desta vez, as máquinas das classes GT500 e GT300 aceleram no tradicional circuito Fuji Speedway, para uma disputa de tiro curto – apenas 300 km de percurso – numa prova que marca o fim da primeira metade do calendário e prepara o clima para os 1000 km de Suzuka, no fim deste mês.

O plantel de inscritos é excelente. São 44 carros confirmados para a 4ª etapa, sendo 15 na classe GT500, a principal do campeonato e os demais na GT300. Vice-líder do campeonato ao lado do parceiro Hironobu Yasuda, João Paulo de Oliveira tenta não só destronar os líderes Andrea Caldarelli/Ryo Hirakawa como também chegar à primeira vitória em 2015. A dupla do Calsonic Team Impul vai correr em Fuji com 54 kg de lastro extra, seis a menos que os rivais do Lexus Team KeePer Tom’s.

Neste fim de semana, o veterano alemão Michael Krumm volta à categoria ao volante do #24 da equipe D’station Advan Kondo Racing, ao lado de Daiki Sasaki. Nos três primeiros eventos do ano, quem guiou o bólido foi o espanhol Lucas Ordonez. A dupla não somou nenhum ponto neste início de campeonato.

Na GT300, vários carros que não fizeram a viagem até Buriram voltam em Fuji. O Team Mach regressa com seu Toyota 86 “Mother Chassis” para Tetsuji Tamanaka e Shogo Mitsuyama. O McLaren da Pacific Racing também volta à ação com Ryohei Sakaguchi/Takuya Shirasaka. A Dijon Racing coloca não só um, mas dois Nissan GT-R na prova do próximo domingo. Voltam também a BMW Z4 da LM Corsa, a Mercedes da Rn-Sports e o Nissan da Tomei. Casa cheia, portanto.

André Couto chega a esta etapa como líder isolado da classificação. O nativo de Macau soma 39 pontos, um a mais que Kazuki Hoshino e Mitsunori Takaboshi. Nesta etapa, Katsumasa Chiyo volta à bordo do Nissan #10 da Gainer/Tanax, que vai competir com 76 kg extras de lastro, dois a menos que o Nissan #3 da B-MAX.

2 comentários

  1. Antonius disse:

    Sonho de consumo em algum dia ver uma prova intercontinental desta categoria (de preferência aqui em Sampa), lindas demais essas máquinas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>