MENU

24 de setembro de 2015 - 12:32United Sports Car Championship

Petit Le Mans: lista inicial com 37 carros

petit_gal_race_1-9

Largada da Petit Le Mans de 2014: este ano, grid será menor, com 37 carros (Foto: Michelin Alley)

RIO DE JANEIRO - Última etapa da temporada 2015 do Tudor United SportsCar Championship, a 18ª edição da Petit Le Mans, no circuito de Road Atlanta, na Geórgia, tem uma lista inicial apresentada ontem pela IMSA com 37 carros inscritos (bem menos que os 51 de 2014, aliás) no total – embora haja os tradicionais “To Be Confirmed” (TBA) da Starworks na classe Prototype e da Wright Motorsports na GTD, que não se concretizarão.

Assim, o total de bólidos por classes é o seguinte: nove na classe Prototype, oito na Prototype Challenge e na GTLM e os restantes doze na GTD.

Lista de inscritos para a 18ª Petit Le Mans

Muitas equipes vão com pilotos adicionais para um dos mais longos eventos do ano – na verdade, a Petit Le Mans é a terceira prova mais longa em duração do calendário, perdendo apenas para as 24h de Daytona e para as 12h de Sebring. Anteriormente disputada em Mil Milhas (394 voltas) ou 9h de duração máxima, aumentou seu total para 10h.

Para conquistar o bicampeonato, a dupla Christian Fittipaldi e João Barbosa, além de descontar seis pontos para Michael Valiante e Richard Westbrook, contará com o auxílio luxuoso de Sébastien Bourdais, como sempre acontece nas corridas mais longas. Mas o #90 da Spirit of Daytona contará com um terceiro piloto muito veloz: o alemão Mike Rockenfeller, que todos conhecemos do DTM e de outras provas de Endurance.

Também com chance de título, Dane Cameron e Eric Curran vão de Max Papis como o terceiro piloto do Corvette DP #31 na Petit Le Mans. Outra atração é a presença de Scott Dixon no #01 da Ganassi para ajudar Scott Pruett e Joey Hand. Oswaldo Negri e John Pew dividirão o Ligier JS P2 HPD #60 com Matt McMurry.

Na Prototype Challenge, Colin Braun e Jonathan Bennett estão a um passo do bicampeonato e querem conquistá-lo em grande estilo. A CORE Autosport, porém, não confirmou o terceiro piloto do #54 – que habitualmente é James Gue. O californiano Andrew Palmer vai no #52 com Tom Kimber-Smith e Mike Guasch, vice-líderes 12 pontos atrás. Já o carro de Bruno Junqueira e Chris Cumming será um dos únicos com quatro pilotos a bordo – o anglo-brasileiro Gustavo Menezes e Jack Hawksworth, da Fórmula Indy, também dividirão o carro #11.

Nos demais times, a Starworks deve ir com dois carros e a BAR1, que havia inscrito dois bólidos no COTA, terá só um – ainda sem ninguém confirmado – na Petit Le Mans. Conor Daly, que tem colaborado com a Performance Tech Motorsports, não está entre os indicados para guiar o #38 ao lado de Jerome Mee e James French.

A classe GTLM conta com os suspeitos de sempre no último evento do ano, que marca a despedida do Team Falken e seu Porsche 991 RSR, com o reforço luxuoso de Patrick Long para ajudar Wolf Henzler e Bryan Sellers para conquistar uma vitória na corrida derradeira do #17. Na Corvette Racing, só Ryan Briscoe reforçará os “Trovões” em Road Atlanta, pois Simon Pagenaud já fez as malas e voou para a França, de férias.

A Porsche não fechou questão sobre os nomes complementares nas tripulações do #911 e do #912. O primeiro carro tem o líder do campeonato Patrick Pilet e Nick Tandy mais do que confirmados e o segundo vem com Earl Bamber e Jörg Bergmeister.

Quem volta ao campeonato é Augusto Farfus: o piloto brasileiro foi escalado para a BMW #25, justamente a que ainda reúne chance de título. O curitibano vai colaborar com os colegas Dirk Werner e Bill Auberlen em busca da taça da categoria. Será a terceira prova dele na GTLM este ano.

Na GTD, entre as novidades para a Petit Le Mans, está a ausência da Compass360 Racing e seu Audi R8 LMS Ultra, o que era mais ou menos esperado. Assim, não veremos brasileiros em todas as categorias e a participação do gaúcho Pierre Kleinubing no TUSC está encerrada neste ano – esperamos que ele volte em 2016.

Duas equipes vão com carros extras: a Scuderia Corsa deve ter a segunda Ferrari na pista, mas ainda não confirmou ninguém a bordo. Townsend Bell e Bill Sweedler, que lutam pelo título da divisão, não conheceram o 3º piloto da #63. E a Riley Motorsports vai alinhar o segundo SRT Viper para Al Carter/Cameron Lawrence/Marc Goossens. O primeiro terá os irmãos Sebastiaan e Jeroen Bleeekemolen, além de Ben Keating.

A dinamarquesa Christina Nielsen, líder da classificação com apenas um ponto de vantagem, vai no Aston Martin #007 com Kuno Wittmer e Brandon Davis a bordo. E o Audi da Paul Miller Racing terá o reforço de Bryce Miller para ajudar Dion Von Moltke e Christopher Haase para reverter o quadro e faturar a taça.

A Petit Le Mans será disputada no próximo dia 3 de outubro (um sábado), com largada prevista para 11h15 locais – 12h15 de Brasília.

1 comentário

  1. Fernando Lima disse:

    Não vai ser fácil, mas ficarei na torcida pelo #5 da Action Express contra o consistente #90.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>