MENU

19 de outubro de 2015 - 14:45Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (294)

image (1)

RIO DE JANEIRO - Mestre Ricardo Divila, felicíssimo que só pelo título da Greaves Motorsports no European Le Mans Series, compartilhou esta via e-mail: François Cévert a bordo de um protótipo McLaren M8F da Young American Racing Team, na temporada da série Can-Am em 1972.

Assim como muitos outros nomes da Fórmula 1 na época (incluindo o brasileiro José Carlos Pace), o francês também mostrava seus dotes a bordo destes carros que eram tão potentes quanto espetaculares. O chassi M8F era  o antecessor do modelo M20, construído para aquele ano e entregue somente aos pilotos da equipe oficial da McLaren, que se defrontava contra os pilotos que tinham o lendário 917/10 da Porsche. Mas mesmo assim, Cévert conquistou quatro pódios na temporada e uma vitória, no circuito de Donnybrooke, em Brainerd, no estado de Minnesota.

Cévert terminou a Série Can-Am de 1972 em 5º lugar, atrás de George Follmer, Denny Hulme, Milt Minter e Mark Donohue.

Há 43 anos, direto do túnel do tempo.

 

3 comentários

  1. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Grande Cévert!
    Pena que morreu prematuramente.
    Estes veículos da Can-am eram um espetáculo!
    Os McLaren laranjas, Chaparral, Porsche 917 turbo da equipe Penske, etc.

  2. Pedro Perez disse:

    Grandes homens pilotando grandes carros

  3. Gustavo Oliveira disse:

    Brainerd é um nome muito bom pra ser verdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>