MENU

29 de outubro de 2015 - 16:04Super GT

Super GT na reta final em Autopolis

12-12-CALSONIC-IMPUL-Nissan-GT-R-NISMO-GT500

O Nissan de João Paulo de Oliveira corre em Autopolis em busca da liderança e do título do Super GT na divisão GT500

RIO DE JANEIRO - Quarenta e dois carros estão confirmados para a sétima e penúltima etapa do Super GT neste fim de semana. O circuito de Autopolis, na região de Oita, comemora neste ano o 25º aniversário de sua construção. Com 4,673 km de extensão, tem uma reta relativamente longa e 19 curvas, sendo dois hairpins.

E é nessa pista que o brasileiro João Paulo de Oliveira, do Calsonic Team Impul, tem que defender a liderança na classificação da GT500 ou, pelo menos, na pior das hipóteses, chegar a Twin Ring Motegi reunindo chances de ser campeão pela primeira vez no certame. Ao lado do parceiro Hironobu Yasuda, “Oribeira” chega a esta prova com 51 pontos somados. E seu Nissan GT-R terá igualmente 51 kg extras adicionados ao peso mínimo exigido pelo regulamento.

A dupla formada por Naoki Yamamoto/Takuya Izawa, com o Honda NSX Concept-GT da Raybrig Team Kunimitsu, chega a Autopolis com dois pontos a menos que os líderes e 49 kg adicionais em seu bólido. Com quarenta pontos ainda em jogo, dá para dizer sem medo de errar que os seis primeiros colocados têm chances reais de conquistar o título e por chances matemáticas – mesmo que retóricas – até a dupla formada por Takashi Kogure/Oliver Turvey, 13ª colocada com 18 pontos, reúne chances, precisando logicamente contar com uma monstruosa combinação de resultados.

A numerosa classe GT300 vem com 27 carros inscritos e o português André Couto, com o Nissan GT-R Nismo GT3 da Gainer Tanax, tem situação bastante confortável antes da penúltima etapa. Sua vantagem é de 20 pontos, ironicamente sobre o próprio companheiro de pilotagem Katsumasa Chiyo – que saltou uma etapa das seis já realizadas. Com isso, o carro #10 vai para Autopolis com 74 kg extras de lastro.

Koki Saga/Yuichi Nakayama, no Toyota Prius Hybrid da apr, estão em 3º a 25 pontos de Couto e o substituto de Chiyo, Ryuchiro Tomita, ocupa a quarta posição – e ele não deve mais aparecer no restante do campeonato. Kazuki Hoshino/Mitsunori Takaboshi e Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim, com 33 pontos a menos, também sonham com o título – embora com chances mais remotas. A matemática até permite que Haruki Kurosawa/Naoya Gamou ainda tenham possibilidades, mas eles igualmente dependem de maus resultados alheios.

O blog terá o vídeo em tempo real com a corrida do Super GT em Autopolis, na madrugada de sábado para domingo. Não percam!

2 comentários

  1. Fernando Kesnault disse:

    Beleza…..vamos esperar o link…

  2. SERGIO disse:

    Ansioso pelo vídeo em tempo real.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>