MENU

18 de novembro de 2015 - 16:33United Sports Car Championship

A bela entre as feras

imsa_28614783

RIO DE JANEIRO - A moça da foto tentará provar em 2016 que vai além de sua natural beleza nórdica: a dinamarquesa Christina Nielsen, vice-campeã do Tudor United SportsCar Championship neste ano na divisão GTD, retorna na próxima temporada em casa nova. A piloto sai da TRG-AMR e vai justamente para a antiga equipe dos pilotos que a derrotaram – Townsend Bell e Bill Sweedler, que trocaram de carro e equipe, passando à O’Gara Motorsport com um Lamborghini Huracán.

Christina assinou com a Scuderia Corsa, de Giacomo Mattioli. E vai correr de Ferrari F488 GTB a partir das 24h de Daytona, começando os trabalhos no Roar Before The Rolex 24, os testes coletivos de inverno, preparatórios para o IMSA Weather Tech SportsCar Championship.

Filha do ex-piloto Lars-Erik Nielsen, Christina fará 24 anos em janeiro do próximo ano. Em dez etapas da temporada do TUSC, primeiro com James Davison e depois com Kuno Wittmer, conquistou cinco pódios, com quatro segundos lugares e um terceiro.  Acabou vice-campeã, derrotada por apenas dois pontinhos.

“Estou honrada por receber a chance de correr com a Scuderia Corsa e poder fazer parte da família Ferrari”, declarou a loirinha. “Achei o carro maravilhoso e não vejo a hora de competir com ele. Espero poder ter um pacote competitivo em 2016″.

Marmanjos, gostaram?!?

4 comentários

  1. Ricardo Talarico disse:

    Como não gostar. Linda e, pelos resultados, pilota muito bem.
    Acho que agora entendo o que o Hamilton pretendia quando “aloirou-se”, mas não deu muito certo. :-)
    Abrax !!

  2. luigi disse:

    É alguém a se acompanhar ,toda sorte a linda piloto ,que tenha bons resultados em um ano que a Rossa di Maranello ,terá mais um forte oponente ( sê o carro andar tão bem como é bonito ) sem tirar o mérito dos outros candidatos ao título de 2016 .
    E

  3. Paulo McCoy disse:

    A moça é bonita. Ponto. Porém, até o momento, constatei apenas caucasianas destacando-se em categorias internacionais. Me pergunto se algum dia teremos uma mulher negra ao volante de algum fórmula, protótipo ou mesmo NASCAR (why not? Como bem disse Elvis Presley, ‘If I can dream’…).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>