MENU

26 de novembro de 2015 - 20:49Automobilismo Nacional

Fim anunciado

AutodromoInternacionalCuritiba

Primeiro, Jacarepaguá. Depois, Brasília. Agora, Curitiba. O automobilismo brasileiro caminha irremediavelmente para o buraco

RIO DE JANEIRO - Agora é oficial: o Autódromo Internacional de Curitiba (que chegou inclusive a sediar eventos internacionais, como provas do WTCC, do TC2000 Argentino e do Auto GP World Series) terá suas atividades definitivamente encerradas desde que voltou à ativa no fim dos anos 80. A matéria veiculada no site do jornal paranaense Gazeta do Povo dá conta que o empresário Jauneval de Oms, o Peteco, fechou a venda do terreno para se construir um complexo misto imobiliário – residencial e empresarial – e o contrato será assinado muito em breve.

A pista, se continuar aberta no próximo ano, deve ter seus últimos eventos até junho de 2016, podendo fechar antes. E houve gente, repito, que taxou o blog e o blogueiro de mentirosos. Agora que tivemos a confirmação oficial do fechamento do AIC, mato a cobra e mostro o pau: a pessoa que me chamou de mentirosa foi um certo Thomaz Felippe de Figueiredo, que sob pseudônimo (coisa de covarde, evidentemente), denegriu o blogueiro dizendo que eu estava querendo apenas e tão somente cliques.

Não, sr. Thomaz. Eu não lido com mentiras. Minhas fontes eram seguríssimas. E, no fim das contas, a verdade sempre aparece e mostra quem tem razão. Imaginem se os patrões do sr. Thomaz lessem esse post – aliás, espero que leiam. Que cobrem, inclusive, explicações de como sem NENHUM fundamento, de forma gratuita, essa pessoa tenha me chamado de mentiroso.

Talvez um ressentimento que ele carrega do passado, não sei – e nem imagino porque referida pessoa tenha tanta raiva de mim, se não lhe fiz nada de mal. Tenho pena de quem age de forma tão pequena e covarde.

Vida que segue. E o automobilismo brasileiro morre um pouco mais a cada dia.

Parabéns aos envolvidos.

5 comentários

  1. Flaviano disse:

    Humilde sugestão Rodrigo, sem ofendê-lo, espero.

    Metade do conteúdo do seu texto foi para tratar de um assunto de um comentário infundado. Um comentário que asseguro que a maioria dos seus leitores não viu.

    Deixe-o de lado dos seus textos, a indiferença é o mais doloroso golpe a quem se preocupa em entrar no seu site para te agredir. E a gente que entra aqui pela qualidade das suas informações, continua vindo!

    Grande abraço!

  2. É isso aí.

    Atualizando a lista:

    Jacarepaguá – RIP ( Legado Olímpico junto com a gasolina a R$ 4,00
    Brasilia – Extrema unção ( desculpa de reformar pra quebrar tudo e largar )
    Curitiba – RIP ( bonitões imobiliários e financeiros cagando nos demais )
    Interlagos – CTI, UTI, 2 pés na cova

    Imagino se alí pelas redondezas não mora algum Juiz influente que se queixou do barulho e por inveja e rancor mandou fuder com todos…

    Larguei de mão.

    Deixa virar Cuba esta merda e aí o pessoal vai ficar satisfeito…

    Só me mostrem quantos comércios, oficinas, empregos, etc… vão acabar pois não terão o porque existir…

    Este estudo de impacto não fazem…

    Mas estudo sobre impacto ambiental, que o som perturba a fauna e o vadios em volta do autódromo, isso tem vários safados eco-chatos pra fazer e aparecer…

    VÃO TUDO SE FUDER ANDANDO DE BICICLETA SEUS CORNOS !!!

    VAI ANDAR DE BICICLETA PRA IR A UM CASAMENTO OU UMA FORMATURA SAFADO !

    CAMBADA DE SALAFRÁRIOS !

    • Robertom disse:

      V. é muito pessimista!
      O AIC está sendo vendido por que o Grupo Inepar está concordatário e precisa de dinheiro para se salvar, é uma área particular e somente podemos lamentar o seu fim.

      Jacarepaguá é um caso de roubo explícito do patrimônio público, na maior cara de pau já vista, um conluio entre políticos, dirigentes esportivos e empresários da construção civil, planejado e executado passo a passo :
      1)Abandono da manutenção.
      2)Jogos Panamericanos ,mutilando um pedaço e inviabilizando eventos internacionais).
      3)Mudança na lei de zoneamento.
      4)Jogos Olímpicos, uma chance inigualável para a falcatrua.
      5)Finalmente um condomínio de luxo.
      Não vai se repetir em outro autódromo por que não conseguirão igualar tanta picaretagem com uma oportunidade tão boa.

      Interlagos, vai continuar lá, é a grande teta de todos os políticos, de todos os partidos em todos os tempos, todo ano tem uma reforma hiperfaturada.
      A comunidade de esportes a motor precisa se organizar mais para que a pista seja disponibilizada para corridas locais.

      Em Brasília a área do complexo esportivo é tombada, não tem como virar condomínio ou hotelaria, tentaram na época da Copa e não conseguiram.
      Continuará entre a reforma inacabada e os escombros até um acordo para que sua utilização ou uma reforma no próximo governo.

  3. Fernando Lima disse:

    O fim do AIC já era anunciado há algum tempo…nenhuma novidade e, em se tratando da atual fase do esporte a motor no pais, não surpreende nem um pouco…
    Sobre Interlagos, continuará existindo desde que a F1 continue vindo para o Brasil, porque para outras categorias parece que a turma que administra a praça não está mais disposta a ceder a pista, vide o ocorrido com a Fórmula Truck numa manobra pra lá de duvidosa onde a data (06/12/2015) foi retirada da categoria para uma evento de…música eletrônica…Sem falar em outras categorias que simplesmente não tiveram evento em São Paulo por conta da “indisponibilidade” do autódromo.

  4. Wallace Michel disse:

    A especulação imobiliária é uma das grandes mazelas brasileiras. Já a inveja é um mal que atinge gente de caráter pequeno. É bom botar o dedo na ferida de vez em sempre Rodrigo. Jornalismo sério se faz assim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>