MENU

14 de dezembro de 2015 - 19:22Blancpain GT Series Endurance, Blancpain GT World Challenge Europe

E por falar em Audi e WRT…

jimenez-785x510

Um novo caminho na Europa: talentoso, Sérgio Jimenez busca se firmar nas séries Blancpain e chamar a atenção da Audi, pela qual correrá na equipe WRT em 2016

RIO DE JANEIRO - O intrépido Renan do Couto, agora locutor de esportes ianques (NFL e NHL, salvo engano) na ESPN (não é meu concorrente, é meu bróder, diga-se), soltou uma das boas no ótimo blog dele, o Por Fora dos Boxes: Sérgio Jimenez está de mudança do AH Team Brasil justamente para a equipe Audi WRT.

Se tem algo a ver com a aposentadoria do Ortelli à qual me referi no blog quando postei das 12h de Sepang? Não é impossível…

É uma ótima porta que se abre para o piloto de Piedade. Aos 31 anos, Jimenez ainda tem lenha para queimar e a Stock Car, convenhamos, não é o bastante para muitos excelentes nomes que hoje correm nas pistas brasileiras. E Jimenez é um deles. Talentoso desde os tempos do kart, chegou até a GP2 Series, mas faltou justamente o essencial para ir além: grana, bufunfa, pila, dinheiro, money, cascalho.

Quem sabe, agora, entrando no radar da Audi, ele não consegue chamar a atenção para ter um lugar fixo no DTM ou até mesmo no WEC. Por que não?

E Jimenez não vai sozinho: Rodrigo Baptista, que andou – e bem, diga-se – de Fórmula 3 e Brasileiro de Marcas neste ano – também migra para o automobilismo internacional. Aos 19 anos, o garoto ganhou boa quilometragem neste ano com carros totalmente diferentes. E seu próximo ano não começa exatamente nas séries Blancpain, nas quais defenderá a WRT – mas sim na Toyota Racing Series, na Nova Zelândia. Ele terá a companhia do primo Bruno Baptista e de Pedro Piquet, que estará na F3 europeia a partir de abril.

Aliás, registre-se que, mesmo tendo anunciado a mudança de carro, trocando os modelos BMW pelo Huracán da Lamborghini, o AH Team Brasil ainda busca meio$ para se manter vivo em 2016. A temporada das séries Blancpain começa em Misano Adriático, na Itália, com provas da Sprint, entre os dias 8 e 10 de abril.

4 comentários

  1. Fernando Lima disse:

    Boa notícia porque, Jimenez já mostrou seu valor aqui mesmo no Brasil, entre 2011 e 2012…e, num time como o WRT, terá uma chance como nunca antes…e é claro, Audi, DTM (onde as vezes é comentarista nas transmissões do Bandsports…) e quem sabe, o WEC…
    Se fosse ele, daria uma bica na Stock Car, que fui assistir em Interlagos ontem a “grande” final e garanto: Já foi muito, mas muito melhor!!!

  2. Gustavo disse:

    É muito bacana, e fácil, celebrar e falar sobre pilotos que chegaram lá. Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna são temas que não dão qualquer trabalho a quem queira escrever, e diga-se que os três fizeram por merecer.

    Mas acho ainda mais bacana quando se dá espaço a grandes pilotos que, por uma razão ou outra, não conseguiram chegar lá. Pessoas tão talentosas e brilhantes quanto os três grandes campeões, e tão merecedoras de atenção e divulgação.

    Parabéns pela iniciativa, Rodrigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>