MENU

7 de janeiro de 2016 - 15:22Rali Dakar

Dakar 2016: KTM 1-2-3-4 na chegada à Bolívia

red-bull-ktm-rider-toby-price-racing-to-victory-on-stage-2-of-dakar-rally-2016

Toby Price ganhou a segunda especial no Dakar 2016 e a KTM fez “quadrifeta” na chegada à Bolívia

RIO DE JANEIRO - Quadrifeta KTM na 5ª etapa do Rali Dakar 2016 entre os motociclistas. A chegada do evento à Bolívia trouxe todo tipo de dificuldade aos competidores – em especial a altitude, com picos de 4.850 metros acima do nível do mar, a maior da história – afora a navegação, bastante exigida de acordo com a planilha.

A especial de hoje, com 327 km entre Jujuy e a região de Uyuni, com grandes salares, foi ganha nas motos pelo australiano Toby Price – a segunda dele neste ano. O piloto foi o mais rápido do dia com o tempo de 3h40min38seg, 2min32seg mais rápido que o francês Antoine Meo, que parece ter encontrado um bom ritmo e se candidata ao título de novato do ano no Rali Dakar.

Mesmo sem uma máquina de fábrica, o eslovaco Stefan Svitko vai mostrando que pode fazer jus ao status de piloto oficial no futuro: foi o 3º colocado no dia a 3min20seg de Price, resultado que o mantém próximo da liderança na geral. Um segundo mais lento que Svitko, o austríaco Matthias Walkner completou os quatro primeiros.

Joan Barreda Bort se mantém também por perto: o espanhol da Honda perdeu pouco mais de quatro minutos e ficou em quinto no dia, com Ivan Jakes surgindo pela primeira vez entre os mais rápidos, assim como o português Hélder Rodrigues, oitavo colocado. Seus compatriotas não tiveram um dia produtivo em termos de resultado, mas Paulo Gonçalves – mesmo com o 12º lugar – segue na liderança entre os pilotos no tempo acumulado.

Na geral, as diferenças são mínimas, a uma etapa para o fim da primeira semana de provas. Gonçalves tem 1min45seg para Svitko, que por sua vez tem apenas dois segundos de frente para Price. Barreda é o quarto e Walkner completa o top 5 do Dakar até este momento. Honda versus KTM. Como se esperava…

O brasileiro Jean Azevedo resistiu o quanto pôde e vinha recuperando posições após o violento tombo sofrido na segunda-feira. Mas o piloto da Honda enfrentou sérios problemas mecânicos no complemento da etapa maratona, sem auxílio mecânico externo, e está fora da prova.

Resultado da etapa #5 nas motos
Jujuy-Uyuni (327 km)

1. Toby Price (KTM) – 4h03min44seg
2. Antoine Meo (KTM) – a 2min21seg
3. Stefan Svitko (KTM) – a 2min33seg
4. Mathias Walkner (KTM) – a 2min40seg
5. Joan Barreda Bort (Honda) – a 5min57seg
6. Pablo Quintanilla (Husqvarna) – a 6min51seg
7. Ivan Jakes (KTM) – a 7min19seg
8. Hélder Rodrigues (Yamaha) – a 7min20seg
9. Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS) – a 7min36seg
10. Alain Duclos (Sherco TVS) – a 8min34seg

Classificação geral extra-oficial

1. Paulo Gonçalves – 14h30min07seg
2. Stefan Svitko – a 1min45seg
3. Toby Price – a 1min47seg
4. Joan Barreda Bort – a 2min27seg
5. Mathias Walkner – a 2min56seg
6. Kevin Benavides – a 6min46seg
7. Antoine Meo – a 6min49seg
8. Ruben Faria – a 8min13seg
9. Pablo Quintanilla – a 8min30seg
10. Alain Duclos – a 13min39seg

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>