MENU

14 de janeiro de 2016 - 17:27Fórmula 1

Salvador da Pátria?

20161141349416_GettyImages-161371884_II

RIO DE JANEIRO - Do WRC para a Fórmula 1: Jost Capito deve trocar, em breve, o Mundial de Rali pela categoria máxima do automobilismo. O dirigente de 57 anos foi contratado nesta semana por ninguém menos que Ron Dennis, para ser o novo diretor-executivo da McLaren.

Tricampeão como chefe de equipe da Volkswagen, comandando a equipe que conta com Sebastién Ogier, Jari-Matti Latvala e Andreas Mikkelsen, Capito não é um neófito na categoria, pois já esteve na Sauber. E sua experiência e passado em marcas representativas como BMW, Porsche e Ford, pesou na decisão.

Capito, que ainda não assume integralmente seu cargo na McLaren, já que a Volkswagen precisa definir um nome para substitui-lo e o WRC vai começar na semana que vem em Monte-Carlo, trabalhará diretamente com Eric Boullier, que passa a ser o diretor de corridas da equipe de Woking. Nesta mudança de organograma, Jonathan Neale (que ocupava a função para a qual Capito foi recrutado) assume a chefia de operações do Grupo McLaren, reportando-se diretamente a Ron Dennis, assim como o novo contratado.

Vamos ver como será a atuação de Jost Capito numa equipe de tanta tradição no automobilismo e que respira uma crise sem precedentes. A McLaren precisa de uma injeção de ânimo e é cedo, muito cedo, para apontar o dirigente alemão como uma espécie de salvador da pátria. Competente, ele é. Senão, a Volkswagen não seria tão organizada a ponto de ganhar três vezes o WRC e ser favorita absoluta a levar mais um título em 2016.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>