MENU

16 de janeiro de 2016 - 10:56Automobilismo Internacional

WRT Audi fatura as 24h de Dubai

12469660_760495600750219_6017297695618114918_o

Mais uma para a conta: a equipe Belgian Audi Club WRT venceu as 24h de Dubai com o novo Audi R8 LMS

RIO DE JANEIRO - O que mais falta ao time Belgian Audi Club WRT faturar nas provas internacionais de Grã-Turismo? Porque a equipe de Yves Weerts e Vincent Vosse ganhou mais um troféu para sua vasta coleção: com o novo Audi R8 LMS, a equipe venceu neste sábado a 11ª edição das 24h de Dubai, que abriram a temporada 2016 do International Endurance Series.

Cem por cento recuperado de uma fratura sofrida em Misano no fim do ano passado, Laurens Vanthoor liderou a tripulação do carro #19 (gosto muito desse número…) rumo ao triunfo, junto aos britânicos Michael Meadows e Stuart Leonard, além do veterano Alain Ferté, que aos 60 anos mostrou que velhos são os trapos.

O quarteto assumiu a ponta no fim da madrugada e venceu a disputa completando um total de 588 voltas – cinco à frente da Mercedes-Benz SLS AMG GT3 da equipe Black Falcon, que substituiu o carro incendiado num dos treinos livres. Com um bólido reserva, usado nas 12h de Abu Dhabi e que estava como modelo de exposição, Oliver Morley/Frankie Montecalvo/Oliver Webb/Adam Christodoulou/Abdulaziz Al Faisal conquistaram um resultado muito comemorado. Também pudera: a turma quase não correu…

A prova contou com um grid excelente: dos 100 carros inscritos, que significaria a lotação máxima da pista, noventa e oito largaram. Houve 13 intervenções do “Code 60″, uma espécie de Safety Car virtual, pelos mais variados motivos. Foram ao todo 4h20min de prova com neutralizações.

Muitos dos favoritos ficaram pelo caminho: as duas novas Mercedes-Benz AMG GT3 inscritas pela Black Falcon logo tiveram problemas. O carro #3 teve uma falha grave de câmbio e depois enfrentou pequenos “gremlins” que o tiraram da disputa. O #2 bateu com um carro mais lento na altura da sexta hora e caiu fora da disputa.

Também a Scuderia Praha, que chegou a liderar a disputa com sua Ferrari, ficou fora em virtude de um forte acidente com um retardatário, na altura da 233ª volta. O carro ficou inteiramente destruído e o comitê do certame decidiu suspender o time da República Tcheca por uma corrida em virtude dos incidentes provocados durante a disputa.

O Audi R8 LMS da Land Motorsport, que liderou no início e dominou a corrida em sua primeira metade, começou a sofrer com diversos problemas mecânicos e o último deles – na caixa de marchas – levou o carro #28 que tinha Connor De Philippi/Marc Basseng/Christopher Mies/Carsten Tilke a bordo. Já o carro #4 da C. ABT Racing, pole position nos treinos classificatórios, pelo menos chegou até o fim e conquistou a 3ª colocação.

A Mercedes-Benz SLS AMG GT3 da Hofor Racing guiada por Roland Eggimann/Kenneth Heyer/Christian Frankenhout/Chantal Kroll/Michael Kroll foi a melhor na subclassificação A6-Am, chegando em 4º lugar na geral. Nas demais classes, a Lechner Racing Middle East (11ª na geral) venceu na divisão 991 com um Porsche, com outro carro do construtor germânico, o #64 da Lorient Racing, vencendo na SP2 para terminar em décimo-sexto.

Na classe SP3, venceu o Ginetta G55 GT4 #229 da Century Motorsport, que fechou a disputa na 24ª colocação. O Seat da Memac Ogilvy Duel Racing ganhou na TCR, completando em 32º; na A3, venceu o Team Altran Peugeot (34º ao fim da disputa) e a QSR foi a melhor da subclasse Cup1, tendo concluído em 43º. O Seat do brasileiro Adriano Medeiros, inscrito pela CTR-Alfatune, completou 412 voltas e terminou na 72ª posição geral – quarto em sua categoria.

Ao todo, dos 98 carros que largaram, 68 receberam a quadriculada – mas outros treze receberam classificação por percorrerem distâncias superiores a 70% das voltas percorridas pelos vencedores em cada subcategoria.

A próxima prova do International Endurance Series será na Itália, em março, com a disputa das 12h de Mugello.

O resultado final das 24h de Dubai está aqui

1 comentário

  1. Bruno Serafim disse:

    Show de prova com 100 carros no grid de largada. Junto às 24 Horas de Nürbürgring, mais um oásis para quem gosta de corrida de CARROS! Achei interessante que os carros abasteciam em um posto de gasolina “convencional” atrás do pitlane. Um barato! E que presepada do Audi que vinha na liderança até o final da madrugada, quando teve pane seca e voltou 4 voltas atrás do líder!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>