MENU

15 de março de 2016 - 19:22Automobilismo Internacional

A Felix o que é de Felix

16c_3037

André Negrão deixou a GP2 Series e foi para a Indy Lights, estreando com o carro da Schmidt Peterson Motorsports

RIO DE JANEIRO - O fim de semana de St. Pete não foi só de Fórmula Indy e Pirelli World Challenge. A Indy Lights também realizou a primeira rodada dupla de seu calendário no circuito urbano da Flórida. Em comum aos vencedores, o mesmo nome. Só as equipes de ambos eram diferentes.

No sábado, a prova #1 foi ganha por Felix Serrallés. O portorriquenho (ou portorricense, como queiram) da Carlin teve um início fulminante na disputa com 30 voltas previstas e veio da 7ª posição do grid para a liderança, após superar Zach Veach, que depois teria problemas mecânicos e perderia três voltas. Scott Hargrove conquistou um interessante 2º posto, seguido do pole position Kyle Kaiser e do estreante uruguaio Santiago Urrutia, campeão da Pro Mazda.

André Negrão fez sua estreia na categoria após um teste feito a pouquíssimos dias da abertura da temporada. O piloto oriundo da GP2 Series foi discreto: largou da 8ª posição e ganhou apenas duas posições ao longo da corrida para terminar em sexto, atrás também de RC Enerson.

16c_3152

Felix Rosenqvist teve uma excelente estreia na Indy Lights: venceu a prova #2 em St. Pete e começa o campeonato na frente

Para a prova #2 de 45 voltas, o sueco Felix Rosenqvist, atual campeão da Fórmula 3 europeia, deixou sua marca na pista de rua. O piloto da Belardi Auto Racing fez a pole position e dominou absoluto a disputa, completando com pouco mais de quatro segundos de vantagem para Kyle Kaiser. Zach Veach superou os problemas da véspera e chegou em 3º, seguido por Serrallés e André Negrão, sem ser incomodado, largou e chegou em quinto. Dean Stoneman destacou-se ao vir de 13º para sexto.

A próxima rodada da temporada será no circuito de Phoenix, no Arizona. O oval de uma milha volta a receber uma corrida da série após onze anos. A última vez foi em 2005 e o vencedor foi Jon Herb, o mesmo que está em cana por pedofilia.

Classificação do campeonato após duas corridas:

1. Felix Serrallés – 49 pontos; 2. Kyle Kaiser – 48; 3. Felix Rosenqvist – 47; 4. Scott Hargrove e André Negrão – 32; 6. Zach Veach – 29; 7. Dean Stoneman – 28; 8. Santiago Urrutia – 27; 9. RC Enerson – 26; 10. Ed Jones e Juan Piedrahita – 25.

4 comentários

  1. Gabriel Medina, El otro disse:

    Por falar em automobilismo americano: http://www.motorsport.com/lemans/news/penske-eyes-le-mans-return-almost-contested-rolex-24-679693/

    Endurance, onde as boas noticias acontecem.

  2. Fernando Kesnault disse:

    Esses Negrãos gostam de torrar dindin, mas categoria igual ao precursor, ninguem puxou…..

  3. João Ferreira disse:

    Eita, a Indy Lights é a nova GP2 Series??? Sem vaga ou por ser muito cara, os pilotos que sonhavam com a Formula 1 migraram para a Indy Lights…

    Que coisa, ainda acho que podiam juntar a GP2 Series com a World Series 3.5, deixando a Formula 3 Européia no lugar da GP3….

  4. danir disse:

    Olá Rodrigo. Se eu fosse de Porto Rico, gostaria de ser chamado de portoriquenho, que é como eles se autodenominam (puertoriqueño). O mesmo vale se eu tivesse nascido nos Estados Unidos da America, gostaria que me chamassem americano, como eles se autodenominam (american). Espero que o Negrão tenha boa sorte na categoria e que suba para a Indy em breve.

Deixe uma resposta para Fernando Kesnault Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>