MENU

31 de março de 2016 - 09:24Fórmula 1

Fora de combate

2I6A5090

RIO DE JANEIRO - O dia 1º de abril é só amanhã. E a notícia de hoje está longe de ser digna do Dia da Mentira, o “April Fool”: Fernando Alonso está fora do GP do Bahrein de Fórmula 1, que acontece neste domingo em Sakhir.

Pois é: os médicos consideraram que o asturiano não está apto a disputar a corrida e o vetaram. Pelo visto, há resquícios da panca monumental na corrida de abertura, na Austrália. Após exames, consideraram que Fernando não deveria ser exposto a riscos e muito menos colocar os outros colegas em risco – imaginem se o espanhol passa mal dentro do carro em plena corrida?

Assim, a McLaren aciona seu piloto reserva e o belga Stoffel Vandoorne, campeão da GP2 Series e alocado neste ano na Super Formula japonesa – correndo com motor Honda, é claro – será o titular no lugar de Alonso na corrida de Sakhir, fazendo assim sua estreia na categoria máxima do automobilismo.

Olha, de medicina não entendo lhufas. Nem de psicologia. Mas acho que Fernando está de saco cheio da categoria e principalmente de andar atrás. Não duvido que em breve ele dé um pontapé na categoria. Se tivesse recebido autorização pra guiar nas 24h de Le Mans com um Porsche – e ganho a corrida como Hülkenberg ganhou – a história já seria bem diferente.

Leiam mais no Grande Prêmio.

13 comentários

  1. Pedro Migão disse:

    Transparência não é o forte da F1, mas pelo que entendi ele está com costelas quebradas

  2. André Fonseca disse:

    Até que enfim a MClaren terá DOIS PILOTOS numa corrida…

    HE HE

  3. Marcos José disse:

    Foi detectada uma fratura nas costelas neste exame feito pelos médicos da FIA; por segurança (dele Alonso) os médicos o vetaram…provavelmente o piloto espanhol não correrá o GP chinês; já que ele (Alonso) passará por novos exames dos médicos da FIA, e o risco de ficar de fora é grande (pelo curto tempo para a recuperação física do piloto pela fratura nas costelas) também.

  4. Silvio disse:

    A McLaren não é do Noé, mas o Alonso desde a primeira vez que sentou no carro percebeu o tamanho da encrenca que havia se metido. Acho que os dias do espanhol na McLaren estão contados, e esta proibição dos médicos caiu em boa hora. Quem sabe assistindo a prova pela tv a ficha não caia pra ele. Não sou lá muito fã do Alonso mas gostaria de ver o piloto espanhol num carro de verdade.
    Será que um multa por rescisão é o que pode estar pegando Rodrigo?

  5. Wallace Michel disse:

    O motivo foi uma fratura na costela. O piloto inclusive está no Bahrein para acompanhar os trabalhos da equipe e ajuda no desenvolvimento do mesmo.

    http://br.motorsport.com/f1/news/com-costela-fraturada-alonso-lamenta-ausencia-em-sakhir-683238/

  6. Rodrigo Britto disse:

    A seção de equipes históricas acabou? Estou pergutando nesta postagem apenas porque é a mais recente.
    Att Rodrigo.

    • Rodrigo Mattar disse:

      Não. Só estou sem tempo para dar continuidade.

      • Pedro Augusto disse:

        Estou louco esperando a próxima, quando demora, sinto muita falta, seus textos conseguem me fazer voltar no passado e matar um pouco da saudade da melhor época da minha vida. Devido a meus problemas de saúde Rodrigo, um dos poucos hobbes que eu tenho é escutar você nas transmissões da fox e ler o seu blog, gostaria de ser mais participativo por aqui nos comentários, mas nem sempre tem pessoas disponíveis para digitar pra mim. Aquele abraço meu amigo fique com Deus. Continue sendo esse ser maravilhoso que você é.

      • Rodrigo Britto disse:

        Obrigado pela resposta. Aguardo ansiosamente.
        Valew.

  7. Marcelo Saldanha disse:

    Também acho que o Alonso começa a se despedir da F1, acho que a McLata , a outrora McLaren, não tem chassi nem motor para acompanhar o pelotão intermediário (Williams, RBR, STR e Force India e Haas) ela está a frente de Manor e Sauber e vai fazer jogo duro com a Renault.

    Escrevo RBR, STR porque não tenho saco para escrever Red Bull Racing e Scuderia Toro Rosso.

    A propósito vai uma sugestão: você não poderia fazer um post comemorativo das duas grandes temporada a de 1976, que não assisti na íntegra porque tinha entre 5 e 6 anos e a de 1986 essa sim eu acompanhei, e posso afirmar na minha opnião foi a melhor temporada que assisti, mesmo não sendo o resultado bom para os brasileiros.

    Abraços.

  8. Pedro Fonseca disse:

    Acho que ele está de saco cheio da McLaren, mas não sei se da Fórmula 1. Tenho a impressão que, caso dê tudo errado em Woking, ele volta pra baixo da barra da saia da mamãe Renault, e fica lá uns dois anos. Caso as coisas não funcionem na equipe francesa e ele continue se arrastando no fim do grid, aí sim ele se retiraria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>