MENU

2 de abril de 2016 - 14:19WTCC

A velha rotina: Citroën na pole na abertura do WTCC

448205-800x471

Em busca do tri, “Pechito” López começa bem no WTCC em Paul Ricard

RIO DE JANEIRO (atualizado às 14h25) - Eu quero é novidade. Mas não tem: o bicampeão José María López conquistou hoje a pole position para a “Main Race” da rodada de abertura do WTCC, o Mundial de Carros de Turismo. O argentino da Citroën, mesmo com os 80 kg adicionais ao seu C-Elysée, não teve adversários no Q3 e garantiu a posição de honra do grid que conta, nesta prova inicial, com 17 pilotos.

López foi o único piloto a baixar de 1’29″ no Q3: fez 1’28″950 contra 1’29″213 do português Tiago Monteiro (Honda) e 1’29″262 de Yvan Muller no segundo carro da equipe francesa. O Q3 ainda teria dois holandeses – Tom Coronel (Chevrolet) e Nicky Catsburg (Lada). Mas ambos não foram à pista, poupando seus equipamentos.

Novidade no WTCC, o Volvo S60 da Polestar Cyan Racing surpreendeu de forma muito positiva nos treinos livres e classificatórios. Thed Björk por pouco (menos de dois décimos de segundo) não passou ao Q3 e conseguiu um bom 6º posto no grid para a prova principal, deixando Frëdrik Ëkblom em nono.

Só que, após a qualificação, o carro de Björk foi excluído e o piloto desclassificado, perdendo o 6º lugar no grid da prova de fundo e a posição do grid invertido. Com isso, Hugo Valente, 11º colocado, subiu uma posição e herdou a pole para a prova#1, correndo em casa na sua estreia pela Lada.

O formato das provas do Mundial de Carros de Turismo, por decisão referendada no Conselho Mundial da FIA, sofreu mudanças. O grid invertido agora vale para a prova #1 e a prova #2 passa a ter uma volta a mais que a primeira. Isso vale para todas as rodadas do calendário.

A lista de inscritos foi reduzida em dois nomes para a etapa de Paul Ricard, por conta de uma mudança: a Nika Racing, que correria com um Honda Civic WTCC para o piloto sueco John Bryant-Meisner, trocou de fornecedor e vai de Chevrolet Cruze RML a partir da próxima etapa. O carro que seria da Nika foi repassado à Zengö Dension Team, mas o time magiar não teve tempo de colocar o equipamento a postos para a estreia do novo recruta Daniel Nagy. Sendo assim, só Ferenc Ficza faz sua primeira aparição no WTCC como substituto de Norbert Michelisz, agora piloto oficial da Honda.

Os tempos de classificação em Paul Ricard:

1 – José María López (Citroen C-Elysée) – Citroen – 1’28″950 – Q3
2 – Tiago Monteiro (Honda Civic) – Honda JAS – 1’29″213 – Q3
3 – Yvan Muller (Citroen C-Elysée) – Citroen – 1’29″262 – Q3
4 – Tom Coronel (Chevrolet Cruze) – ROAL – sem tempo – Q3
5 – Nicky Catsburg (Lada Vesta) – Lada – sem tempo – Q3
6 – Norbert Michelisz (Honda Civic) – Honda JAS – 1’29″958 – Q2
7 – Mehdi Bennani (Citroen C-Elysée) – Loeb – 1’30″021 – Q2
8 – Frëdrik Ëkblom (Volvo S60) – Polestar – 1’30″221 – Q2
9 – Rob Huff (Honda Civic) – Honda JAS – 1’30″576 – Q2
10 – Hugo Valente (Lada Vesta) – Lada – 1’30″612 – Q2
11 – Gabriele Tarquini (Lada Vesta) – Lada – 1’30″875 – Q2
12 – Tom Chilton (Citroen C-Elysée) – Loeb – 1’30″315 – Q1
13 – Grégoire Demoustier (Citroen C-Elysée) – 1’30″620 – Q1
14 – John Filippi (Chevrolet Cruze) – Campos – 1’30″985 – Q1
15 – René Münnich (Chevrolet Cruze) – Munnich – 1’31″749 – Q1
16 – Férenc Ficza (Honda Civic) – Zengo – 1’44″836 – Q1
17 – Thed Björk (Volvo S60) – Polestar – 1’29″733 – Q2 (*)

(*)desclassificado

1 comentário

  1. Carlos Alvim disse:

    E os veteranos
    Yvan Muller , Tom Coronel e Gabriele Tarquini continuam firmes! !!!!
    Muito Bom Rodrigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>