MENU

1 de abril de 2016 - 21:24European Le Mans Series

ELMS: 45 carros na prova inaugural em Silverstone

10693

RIO DE JANEIRO - Sensacional! É o que se pode dizer do total de inscritos anunciado para a abertura do European Le Mans Series (ELMS), as 4h de Silverstone. Em fevereiro, foram anunciados 44 inscritos fixos e o total sofreu alguns desfalques, com a desistência da Greaves em inscrever o carro campeão de 2015 e do programa de LMGTE da TDS Racing. Ainda assim, a prova inicial do calendário de seis provas – que ganhou uma etapa em Spa-Francorchamps – terá 45 bólidos na pista britânica.

Lista de inscritos para as 4h de Silverstone

Deste total, 16 carros são da classe LMP2 – a principal do certame – incluindo o Morgan Nissan da SRT41 que correrá sem direito a marcar pontos. Esse carro é o Garage 56 das 24h de Le Mans, que fará a prova de Silverstone como teste para o desafio de Fréderic Sausset, o primeiro piloto tetraamputado da história do automobilismo. Ele terá Christophe Tinseau e Jean-Bernard Bouvet a dividir a pilotagem nessa corrida inaugural do ELMS.

Além da SRT41, outra inscrição adicional é da SMP Racing com um segundo BR01 Nissan para o indonésio Sean Gelael, o italiano Antonio Giovinazzi e o britânico Mitch Evans. O time russo já havia confirmado outro bólido para Stefano Coletti/Julian Leal/Andreas Wirth. Outra mudança na rodada inaugural é a presença do experiente sueco Björn Wirdheim compondo a trinca da Krohn Racing com Nic Jönsson e Tracy W. Krohn na estreia do motor Nissan no Ligier JS P2 do time estadunidense.

Vários pilotos britânicos estão espalhados nos times da LMP2 e a grande atração será a presença de Sir Chris Hoy, a lenda do ciclismo que confirmou participação nas 24h de Le Mans com a Algarve Pro Racing. Na primeira corrida do ano, ele terá como parceiros Michael Munnemann e o indiano Parth Ghorpade.

Na classe LMP3, o único “alien” é o Ginetta-Juno da Murphy-3Dimensional.com: o Riley-Ave do time britânico não ficou pronto (só estreia na etapa de Imola) e a dupla Tony Ave/Doug Peterson terá que se socorrer de um carro emprestado. Os demais carros são Ligier JS P3 – para a delícia de Jacques Nicolet e sua Onroak Automotive. E houve aquisições de última hora entre as equipes inscritas.

Tom Jackson estará com Alvaro Fontes e Jesús Fuster na BySpeed Factory Racing. Niccolò Schiro estreia pela Villorba Corse assim como Bert Longin, experiente piloto belga, na Race Performance. Já a Eurointernational não definiu – ainda – quem dividirá o segundo carro do time italiano com Andrea Dromedari.

A LMGTE terá quatro carros assistidos pela AF Corse – os dois do time de Amato Ferrari, mais o bólido da AT Racing e o da Formula Racing, marcando a estreia da dinamarquesa Christina Nielsen na competição. O quinto modelo F458 do construtor italiano é da JMW Motorsport.

Já a Proton Competition vai com dois Porsche 991 RSR: um para Mike Hedlund/Wolf Henzler/Marco Seefried e o outro terá Gianluca Roda/Richard Lietz/Christian Ried – o que significa que vários pilotos dessas formações farão o chamado “double duty” que inclui a prova do WEC no mesmo fim de semana. A Aston Martin tem, além da inscrição fixa do #99 da Beechdean o #98 nas cores da Gulf, que volta à pista com Roald Goethe/Stuart Hall/Richie Stanaway – uma boa surpresa de última hora para a disputa inaugural do campeonato.

O ELMS terá outra novidade em 2016: os treinos classificatórios agora têm meia hora de duração – mas divididos em 10 minutos para cada uma das três classes. Apenas um piloto será escalado por carro para a definição do posicionamento de largada. Esse tempo deverá ser revisto quando houver a disputa da prova de Spa-Francorchamps, devido à enorme extensão da pista belga, próxima dos 7 km de percurso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>