MENU

18 de abril de 2016 - 20:56Rali

WRC: 36 duplas confirmadas para o Rali da Argentina

FIA WORLD RALLY CHAMPIONSHIP 2015 - WRC Rally Argentina

Líder do WRC este ano com duas vitórias em três provas, Sébastien Ogier quer apagar da memória o pesadelo que foi o Rali da Argentina no ano passado. De preferência com mais um triunfo, é claro…

RIO DE JANEIRO - Ameaçado de não ser realizado a partir de 2017, o Rali da Argentina marca a volta do World Rally Championship após mais de um mês de inatividade. Três etapas já foram realizadas, Sébastien Ogier continua absoluto na liderança e Jari-Matti Latvala soube lidar bem com a pressão após os sofríveis desempenhos em Monte-Carlo e Suécia, vencendo com autoridade o Rali do México. A Volkswagen, portanto, segue invicta e quer a quarta vitória seguida no campeonato.

A prova deste fim de semana será disputada em 18 trechos cronometrados na região de Córdoba, que há décadas respira automobilismo. Serão 364,68 km de especiais e o Power Stage, que confere pontos extras aos três mais rápidos da última especial, será a etapa de El Condor, com 16,32 km de percurso. A cidade de Carlos Paz será a base das equipes, com direito à montagem de suas estruturas para consertos e reparos dos veículos. Sem contar o descanso dos competidores, é claro.

A lista de entradas da 4ª etapa contém 36 duplas – sendo que 24 delas vão competir pelo Mundial nas classes WRC e WRC2. Os demais são carros argentinos dentro do regulamento CODASUR.

Catorze duplas vão competir na divisão principal, com poucas novidades. A Citroën não comparece na prova sul-americana e o polonês Robert Kubica, pelo visto desinteressou-se do WRC. Poucos competidores privados vêm da Europa: apenas Ott Tanak/Raigo Molder (Ford), Henning Solberg/Ilka Minor (Ford), Vladimir Gorban/Volodymyr Korsia (BMW Mini) e Lorenzo Bertelli/Simone Scattolin (Ford). Mas dois Citroën DS3 WRC foram inscritos para argentinos – Marcos Ligato/Rubén Garcia e José Nicolas/Miguel Ángel Recalt.

No WRC2, nove carros estão confirmados, com a volta de Elfyn Evans/Craig Parry, que não competiram no Rali do México. Hubert Ptaszek/Maciej Szczepaniak também foram inscritos com um Peugeot de uma equipe da Eslováquia. Além deles, uma dupla da Rússia, dois carros de um time do Catar e quatro formações de sul-americanos compôem o plantel. Didier Arias, Nicolás Fuchs, Augusto Bestard e Diego Domínguez são os pilotos em seus respectivos carros. E um único WRC3 vem para a perna sul-americana do Mundial: o carro de Michel Fabre/Maxime Vilmot.

Lista de inscritos do Rali da Argentina AQUI

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>