MENU

4 de maio de 2016 - 14:59Super GT

Bis de Matsuda/Quintarelli no Super GT

YOS_5627

Na hora certa, no lugar certo: Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli ganharam mais uma e dispararam na liderança da classificação na GT500

RIO DE JANEIRO - E lá vão os atuais campeões Ronnie Quintarelli/Tsugio Matsuda disparando na liderança do campeonato do Super GT na classe GT500: a dupla da equipe Motul Autech Nismo venceu nesta quarta-feira (sim, houve corrida em pleno meio de semana – feriado nacional no Japão) no Fuji Speedway, chegando ao segundo triunfo consecutivo numa temporada que acaba de perder uma etapa – a rodada de Autopolis, prevista para o próximo dia 22, foi oficialmente cancelada. A GTA, organizadora do certame, deve programar uma rodada dupla lá mesmo em Fuji ou então na finalíssima marcada para Twin Ring Motegi, mas isso ainda carece de confirmação.

Com sol e tempo bom na primavera japonesa, 44 carros deram a largada para 500 km e 110 voltas de prova, com o brasileiro João Paulo de Oliveira comandando o pelotão a bordo do Nissan GT-R #12 da Calsonic Team Impul, para alegria do chefe de equipe, o antigo ídolo Kazuyoshi Hoshino. O “Oribeira” comandou a prova com autoridade até entregar o carro para Hironobu Yasuda, que manteve a situação sob controle até a entrada do Safety Car – o que mudaria o panorama da corrida.

Um problema com o Lexus RC-F do Team Cerumo, conduzido por Hiroaki Ishiura/Yuji Tachikawa, obrigou a direção de prova a mandar o carro de segurança ir para a pista. O MOLA Nissan GT-R de Satoshi Motoyama/Katsumasa Chiyo não teve sorte: entrou nos boxes com a bandeira amarela praticamente sem combustível no tanque, os pits estavam fechados e a dupla, que tinha possibilidades de conquistar um pódio, perdeu uma volta justamente por infringir o regulamento. Após a janela de pit stops em bandeira verde, a Motul Autech Nismo conquistou a liderança por fazer uma parada mais rápida que do #12 do Calsonic Team Impul, com Quintarelli voltando à frente de João Paulo de Oliveira.

O brasileiro não baixou os braços e recuperou a liderança após uma bela batalha. Mas a três voltas do fim, veio o imerecido castigo: o pneu traseiro esquerdo estourou numa curva de alta velocidade. Oliveira rodou e o carro, destruído, não teve como retornar à pista, quanto mais chegar aos boxes. Desoladora a cena do “Oribeira” deitado numa mureta do circuito de Fuji lamentando o problema no composto oferecido pela Bridgestone – aliás, também o Honda NSX Concept GT de Naoki Yamamoto/Takuya Izawa, que se utiliza do mesmo fornecedor de pneus, acabou vítima do mesmo problema, após a metade da disputa.

A falha no pneu traseiro esquerdo deu de presente o triunfo a Quintarelli/Matsuda, que completaram as 110 voltas em pouco mais de 2h58min de prova. E a dupla formada por Kohei Hirate e Heikki Kövalainen conquistou o melhor resultado desde que se formou no ano passado – terminaram em 2º lugar com o Lexus RC-F da Denso Kobelco SARD. James Rossiter/Ryo Hirakawa, no KeePer Tom’s Lexus RC-F completaram o pódio, seguidos por Daisuke Ito/Nick Cassidy (au Tom’s Lexus RC-F), Kazuya Oshima/Andrea Caldarelli (Wako’s Le Mans Lexus RC-F) e pelo melhor Honda, conduzido por Kosuke Matsuura/Tomoki Nojiri, da Autobacs ARTA.

OOS_5863

A Nissan também venceu na classe GT300, com Kazuki Hoshino/Jann Mardenborough, após o domínio inicial da BMW M6 GT3 da ARTA

Na classe GT300, após o domínio inicial da BMW M6 GT3 de Takashi Kobayashi/Shinichi Takagi, quem levou a melhor foi o Nissan GT-R Nismo GT3 da equipe B-Max NDDP conduzido por Kazuki Hoshino/Jann Mardenborough, na primeira vitória da dupla em 2016. O Toyota “Mother Chassis” da VivaC guiado por Takamitsu Matsui/Takeshi Tsuchiya foi o terceiro e último a terminar no total de 102 voltas. O atual campeão André Couto terminou em 5º lugar ao lado do companheiro Ryuchiro Tomita e os vencedores da primeira prova em Okayama, Haruki Kurosawa/Naoya Gamou, acabaram batendo com a Mercedes AMG GT3 #65 na 21ª volta, forçando o abandono da dupla.

Com o cancelamento da rodada de Autopolis, o Super GT volta só em julho com a 3ª etapa no circuito de Sugo Sportland.

Classificação do campeonato após 2 etapas:

GT500

1. Tsugio Matsuda/Ronnie Quintarelli – 40
2. James Rossiter/Ryo Hirakawa – 27
3. Heikki Kövalainen/Kohei Hirate – 19
4. Satoshi Motoyama/Katsumasa Chiyo – 15
5. Kazuya Oshima/Andrea Caldarelli – 14
6. Daisuke Ito/Nick Cassidy – 11
7. Hironobu Yasuda/João Paulo de Oliveira – 7
8. Yuji Tachikawa/Hiroaki Ishiura, Kosuke Matsuura/Tomoki Nojiri e Yuhi Sekiguchi/Yuji Kunimoto – 5
11. Daiki Sasaki/Masataka Yanagida – 2
12. Daisuke Nakajima/Bertrand Baguette e Naoki Yamamoto/Takuya Izawa – 1

GT300

1. Kazuki Hoshino/Jann Mardenborough – 21
2. Haruki Kurosawa/Naoya Gamou – 20
3. Takeshi Tsuchiya/Takamitsu Matsui – 17
4. Shinichi Takagi/Takashi Kobayashi – 16
5. Nobuteru Taniguchi/Tatsuya Kataoka – 15
6. Jörg Müller/Seiji Ara e Akihiro Tsuzuki/Morio Nitta – 11
8. André Couto/Ryuchiro Tomita – 9
9. Katsuyuki Hiranaka/Björn Wirdheim, Yukhi Nakayama/Shinnosuke Yamada e Richard Lyons/Tomonobu Fujii – 8
12. Shigekazu Wakisaka – 5
13. Shinya Hosokawa/Kimiya Sato – 3
14. Manabu Orido/Kazuki Hiramine e Hiroaki Nagai/Kota Sasaki – 2
16. Hiroshi Takamori/Takayuki Aoki – 1

4 comentários

  1. OZZMAIR disse:

    Boa tarde Mattar , duas perguntinhas.

    Esses carros da GT500 tem especificações parecidas com os DTM? Qual deles chegaria na frente numa eventual corrida?

    Um abraço!!!

    • Rodrigo Mattar disse:

      Sim. As especificações técnicas de GT500 e DTM hoje são as mesmas. Provavelmente algum modelo japonês chegaria à frente porque correm com mais de um composto de pneu hoje. No DTM, utiliza-se apenas a Hankook como fornecedora. Mas vai saber… é apenas suposição…

      • Diogo disse:

        Mattar, se o regulamento técnico é o mesmo, há a possibilidade de um carro da DTM competir no Super GT e vice versa?

        Alguma das montadoras (tanto as japonesas quanto as alemãs) já pensou em tentar a sorte no outro campeonato?

      • Rodrigo Mattar disse:

        Não. Até agora não houve interesse mútuo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>