MENU

2 de junho de 2016 - 15:2424 Horas de Le Mans, Mundial de Endurance

Última hora: Stevens na G-Drive, Mehri na Manor em Le Mans

gp2-monza-2014-nathanael-berthon

Durou pouco: Nathanaël Berthon está fora da G-Drive Racing e não disputará as 24h de Le Mans

RIO DE JANEIRO - Mudanças de última hora na lista já divulgada para o Journée Test de domingo, preparatório para a 84ª edição das 24h de Le Mans. O francês Nahtanaël Berthon foi “saído” de seu lugar na equipe G-Drive Racing, que tem ainda Roman Rusinov e René Rast no carro #26, com efeito imediato.

A justificativa foi a falta de ritmo do piloto nas duas provas disputadas em Silverstone e Spa-Francorchamps: Berthon simplesmente não andou no mesmo nível de Rast e Rusinov. Seus tempos foram 1,8 segundo piores em Silverstone e em Spa o ritmo foi ainda pior: ele era 2,3 segundos mais lento. Numa pista de mais de 13 km como Le Mans, quando um piloto de graduação ouro e/ou platina não anda no mesmo nível dos demais, é a morte. E a prova de Le Mans conta pontos em dobro para o World Endurance Championship.

A surpresa foi o substituto anunciado: o britânico Will Stevens – pelo menos para esta corrida – vai andar no carro #26. Foi levada em consideração a parceria que ele tem com Rast no Blancpain Sprint Series, onde os dois correm com um Audi da equipe belga WRT. “Além de tudo, ele tem o conhecimento do carro”, disse o general manager da G-Drive Racing, Alexander Krylov. O time  russo que corre em parceria com a Jota Sport terá que buscar um novo nome para seguir no campeonato a partir da 4ª etapa, em Nürburgring.

A Manor agiu rápido e anunciou Roberto Mehri como o substituto de Stevens no carro #44 ao lado de Matt Rao e Tor Graves. Assim, o espanhol será o 34º estreante confirmado para a edição de 2016 das 24h de Le Mans. A França perde um piloto do plantel de inscritos, baixando o total de “locais” para 28. E a Espanha vai ter dois pilotos em Sarthe: Mehri e Antonio Garcia.

Outro piloto que está fora da prova é o italiano Paolo Ruberti: ele estava no papel de “coach” no circuito de Hockenheim quando sofreu um acidente a mais de 200 km/h por falta de freios. Ruberti sofreu fratura numa vértebra lombar e terá de ser operado. A Larbre Competition terá que encontrar um substituto para correr no Corvette C7-R #50 nas 24h de Le Mans ao lado de Yutaka Yamagishi e Pierre Ragues. O piloto em questão terá que ter graduação ouro ou platina. Mas não está descartada a hipótese de se chamar um piloto prata ou bronze.

2 comentários

  1. Fernando Silva disse:

    O cara ser mandado embora do time por falta de ritmo deve ser uma baita mancha no currículo, ainda mais quando se é para disputar as 24h de Le Mans…imagina como está a cabeça do rapaz.

  2. Gabriel Medina, O outro disse:

    Mas o Berthon foi 2,3 segundos mais lento em Spa que o Rusinov?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>