MENU

2 de julho de 2016 - 10:40IMSA Weather Tech SportsCar Championship

6h de Watkins Glen, treino livre #2: Pla sobra em treino com forte acidente

VW_5657

Olivier Pla fez a melhor volta da sexta-feira em Watkins Glen (Foto: Vincent Wouters/Sportscar365.com)

RIO DE JANEIRO - Olivier Pla sobrou na turma durante o 2º treino livre do IMSA Weather Tech SportsCar Championship, para as 6h de Watkins Glen. O piloto francês que vai dividir o #60 da Michael Shank Racing com Ozz Negri e John Pew superou em mais de meio segundo o tempo do piloto brasileiro na primeira sessão da sexta-feira. Com 1’36″155, ele foi sete décimos mais rápido que Jonathan Bomarito a bordo do Mazda #55 com pintura retrô, comemorativa dos 25 anos da histórica vitória japonesa nas 24h de Le Mans.

O treino teve três protótipos P2 nas três primeiras posições: o outro Ligier HPD, inscrito pela equipe Tequila Patrón, ficou em 3º guiado por Johannes Van Overbeek. Christian Fittipaldi conseguiu o quarto tempo, mas a 1″255 da melhor volta da sessão. O outro Mazda P2 guiado por Ben Devlin fechou o top 5 na classe principal.

Na PC, Renger Van der Zande estabeleceu o melhor tempo do treino: o holandês fez 1’38″582 e bateu Colin Braun por 0″037. Os dois sobraram em matéria de volta rápida, uma vez que Johnny Mowlem, terceiro da categoria, foi o único na casa de 1’39″ e os demais viraram já acima de 1’40″, com Mark Kvamme em quarto e Tom Kimber-Smith na quinta posição.

FordGT

A Ford mantém seu programa de desenvolvimento do EcoBoost GT até 2019 (Foto: Ford Performance/Reprodução Twitter)

A Ford (que anunciou neste sábado a manutenção de seu programa de Grã-Turismo para até 2019) fez 1-2 na GTLM com Joey Hand como o mais rápido da sexta-feira entre os carros de sua classe, 0″068 mais rápido que o companheiro de equipe Richard Westbrook. Ryan Briscoe, inscrito no carro #67, está “grávido” e Westy tem feito todo o trabalho de acerto. O australiano, o mais novo papai do pedaço, é esperado para a corrida de domingo. O britânico já está escalado para a qualificação de logo mais.

John Edwards fez o 3º melhor tempo com a BMW M6 GTLM, superando a Ferrari 488 GTE de Alessandro Pier Guidi por 0″032 apenas. Bill Auberlen foi o quinto com a BMW “Stars and Stripes”, seguido por Toni Vilander. Só aí vieram os Corvette e Porsche, que já em Le Mans levaram um pau firme dos carros com motor turbo, dentro do novo regulamento ACO/FIA.

Na GTD, Lawson Aschenbach fez o melhor tempo com o Audi da Stevenson Motorsports em 1’46″259, numa sessão marcada pelo violentíssimo acidente do Lamborghini Huracán da Dream Racing, conduzido por Lawrence de George. O piloto perdeu o controle no Bus Stop e bateu no lado oposto da pista, destruindo completamente o chassi. A equipe tem um carro reserva para substituição – e ironicamente é um carro já acidentado em treinos: foi o bólido que bateu no Open Test para as 12h de Sebring, prova que marcou a estreia da equipe comandada pelo ex-Fórmula 1 Enrico Bertaggia.

O acidente provocou uma longa bandeira vermelha que atrapalhou o restante da sessão. Mesmo assim, Jens Klingmann foi o 2º com a BMW da Turner Motorsport e Spencer Pumpelly foi o terceiro com o Lambo da Change Racing. Aliás, a equipe de Robbie Benton, embora tenha trazido o carro #11 para Glen, anunciou a quebra do acordo com Townsend Bell e Bill Sweedler, que ficam assim sem carro e sem equipe para defender o título conquistado em 2015.

Neste sábado, os pilotos voltam à pista para um terceiro e último treino livre antes da qualificação que define as posições de largada – marcada para começar às 16h40 de Brasília, com 15 minutos de treino para as classes GTD, GTLM, PC e P, nesta ordem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>