MENU

8 de julho de 2016 - 14:13Mundial de Endurance

Aston Martin afasta Rees no WEC

AGA_Prologue_WEC16__MG_0652

Mudança: em busca de melhor performance, a Aston Martin afastou o brasileiro Fernando Rees do posto de titular no WEC, a duas semanas das 6h de Nürburgring

RIO DE JANEIRO - A duas semanas da disputa das 6h de Nürburgring, a Aston Martin Racing anunciou – com efeito imediato e para o restante do campeonato – o afastamento do brasileiro Fernando Rees e do britânico Jonathan Adam do seu lineup de pilotos no FIA World Endurance Championship.

A novidade pegou muita gente de surpresa. Com 29 corridas no Mundial de Endurance, sendo o mais experiente entre os brasileiros na categoria, disputando o WEC desde sua criação em 2012 e com uma vitória conquistada nas 6h de Spa-Francorchamps do ano passado, Rees é afastado após conquistar dois terceiros lugares com o Aston Martin Vantage V8 GTE #97 em Spa-Francorchamps e Le Mans (este, para efeito de pontos no Mundial, pois na pista a tripulação terminou em 6º lugar na LMGTE-PRO). A equipe promoveu a passagem de Darren Turner para o carro de Fernando e Adam, mantendo o “Dane Train” com Marco Sørensen e Nicki Thiim no #95.

Segundo um comunicado da equipe, a mudança é para oferecer um “aumento de tempo de pista dos pilotos” e “melhorar a performance dos carros”.

“Com a segunda metade do campeonato prestes a começar, tivemos que considerar o que seria melhor para a equipe. Com a mudança no foco do lineup de pilotos, isso nos deve dar uma chance maior de sucesso até o fim da temporada. Espero que Nicki, Marco, Darren e Richie continuem acelerando o máximo possível para nos manter no topo entre os construtores da classe GT”, explicou o Team Principal Paul Howarth.

“Gostaria de agradecer a Fernando e Jonny pelos seus esforços neste ano, especialmente pelo excelente trabalho em Le Mans. Eles nos ofereceram performances fantásticas e estamos ansiosos para seguir com eles em outras atividades da equipe Aston Martin Racing”, finalizou o dirigente.

A saída de Fernando não reduz o total de brasileiros a tempo inteiro no FIA WEC: Lucas Di Grassi, Bruno Senna e Pipo Derani serão vistos na corrida do próximo dia 24 e um quarto piloto se junta a eles: Antonio Pizzonia foi confirmado pela Manor para a corrida da Alemanha no carro #44 do time britânico na classe LMP2. O piloto de 35 anos será o novo colega de James Jakes e Tor Graves, no lugar de Will Stevens. Nelsinho Piquet, que correu pela Rebellion Racing até Le Mans, volta a ceder seu lugar no #12 para o suíço Mathias Beche.

5 comentários

  1. Claudio disse:

    Desde que acompanho o WEC, nunca vi nada de especial na pilotagem do brasileiro, é um genérico como muitos que existem na categoria, ruim pra ele ser kickado no meio do campeonato

  2. Jorpaes disse:

    Cheater sem dúvida, devem ter descoberto.

  3. Marco Barral disse:

    O povinho FDP que gosta de menosprezar os pilotos Brasileiros que na maioria das vezes nem conhecem; Uma fabrica como a Aston Martin não escolhe qualquer piloto para representa-la.

    • Claudio disse:

      Marco, não é menosprezo, é a constatação da realidade. Pilotos igual ao Rees existem aos borbotões, a Aston Martin resolveu optar pela performance, acredito que a base de dados deles para a tomada de decisão seja muito boa, acho que recentemente aconteceu uma importante prova de 24h que mostrou quem eram os melhores pilotos da marca não é mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>