MENU

31 de julho de 2016 - 20:20IMSA Weather Tech SportsCar Championship

IMSA: 44 na lista de inscritos para Road America

ecf2067b-33f3-45a0-b0ad-7cbe6f0b865c

Se vista do alto a pista de Road America é espetacular, imaginem só dentro dela…

RIO DE JANEIRO - A IMSA divulgou na última semana a prévia de inscritos para a rodada de Elkhart Lake, marcada para o próximo domingo no circuito de Road America. A 9ª etapa do Weather Tech SportsCar Championship volta a ter as quatro categorias em disputa e com a Prototype na pista, o total de carros na primeira lista apresentada chega a 44 – podendo baixar a 42, caso as inscrições da Ferrari 488 GTE #68 da Scuderia Corsa e do Lamborghini Huracán GTD #11 da Change Racing não se confirmem.

Continental Tire Road Race Showcase: lista de inscritos

O palco para a corrida que terá 2h40min de duração não poderia ser melhor: Road America, com suas 4,048 milhas de extensão (equivalentes a 6,513 km), é um dos traçados mais espetaculares dos EUA e de todo o automobilismo internacional. Tem de tudo, mesclando trechos extremamente velozes com outros muito técnicos. É o tipo de pista que onze entre dez pilotos gostam de guiar, como por exemplo os líderes do campeonato e atuais bicampeões do IWSC – Christian Fittipaldi e João Barbosa.

A dupla luso-brasileira soma 220 pontos após a etapa de Mosport, a última disputada pela turma da classe principal, chegando a Road America com quatro pontos de avanço para os próprios companheiros de equipe Dane Cameron e Eric Curran. Os irmãos Jordan e Ricky Taylor estão em 3º lugar com 211 após a vitória no Canadá. Mas há um detalhe: Jordan pode inclusive ser escolhido por Rick Hendrick para disputar a etapa de Watkins Glen da Nascar Sprint Cup no carro #88 de Dale Earnhardt Júnior, o que invalida a dupla e pode deixar Ricky lutando sozinho pelo título. A ver…

Para a prova de Road America, os Mazda LMP2 receberam um BoP: os carros terão um acréscimo de 10 kg no peso mínimo e os motores sofrerão restrições na pressão do turbo, inclusive na faixa útil de rotação. A equipe Speedsource acabou como a única contemplada com uma mudança de performance na turma de cima. Melhor para o carro de Oswaldo Negri, que não terá restrições: o brasileiro está em 5º no campeonato, tendo vencido uma corrida em Laguna Seca.

A classe Prototype Challenge, que foi a estrela da companhia na etapa de Lime Rock, vai com nove inscritos para Road America. A novidade boa é a volta de Bruno Junqueira para a categoria: o piloto mineiro recebeu o convite de Brian Alder e vai guiar o Oreca FLM09 #20 da BAR1 Motorsports em dupla com Matt McMurry. O time vem com uma inscrição suplementar para Don Yount/Johnny Mowlem. Quem também volta é Gustavo Yacaman no #7 partilhado com Jose Gutierrez. E Richard Bradley volta a bordo do #88 em mais uma experiência na série, junto ao fraquíssimo Mark Kvamme.

No campeonato, os vencedores da última etapa estão rindo à toa: Alex Popow/Renger Van der Zande chegam à antepenúltima etapa com 17 pontos de vantagem sobre Robert Alon/Tom Kimber-Smith. Stephen Simpson/Misha Goikhberg estão já bem mais atrasados, em 3º lugar, com 32 a menos que os líderes. Colin Braun/Jonathan Bennett praticamente deram adeus ao tricampeonato da PC após mais um mau resultado – o quarto de uma temporada irregular em que eles ganharam (apesar dos pesares) duas corridas.

A GTLM continua com a acirrada disputa pela liderança e há ainda mais pontos e corridas por disputar, já que a classe corre no Virginia International Raceway (VIR) com a GTD, ao contrário das divisões de Protótipos. Oliver Gavin/Tommy Milner vêm de um resultado fundamental em Lime Rock e abriram 10 pontos de frente para Richard Westbrook/Ryan Briscoe, que vêm em segundo na tabela. Jan Magnussen/Antonio Garcia já estão mais isolados, com 197 pontos.

O modelo Ferrari 488 GTE terá mudanças para a etapa de Road America: acréscimo de 10 kg no peso mínimo, aumento de 1 litro no reservatório de combustível e mudanças no boost ratio do turbocompressor. Os Porsche 991 RSR, além da mudança pedida e aceita do composto de pneus da Michelin, que voltou a ser o mesmo de 2015, terão mais dois litros adicionais na capacidade do tanque e um aumento fundamental na abertura do restritor de ar, com mais 0.3 mm.

A quatro corridas do fim do campeonato, Christina Nielsen/Alessandro Balzan continuam líderes da divisão GTD, mesmo após uma corrida complicada em Lime Rock. A dupla da Scuderia Corsa vai com 13 pontos de vantagem para Andy Lally/John Potter, que conquistaram a vitória na última etapa. Mario Farnbacher/Alex Riberas estão a 25 da dianteira, seguidos por Ben Keating/Jeroen Bleekemolen e Andrew Davis/Robin Liddell.

Na próxima prova, os únicos carros a sofrer restrição são a BMW M6 GT3 e o Dodge Viper GT3-R. O carro dos bávaros, alinhado pela Turner Motorsport, vai com 15 kg a mais no peso mínimo. E a Víbora ganha 1.0 mm a mais na largura do restritor de ar.

Cabe o lembrete: por conta dos Jogos Olímpicos Rio 2016, a prova de Road America não terá transmissão ao vivo dos canais Fox Sports para o Brasil.

3 comentários

  1. Renato de França disse:

    Rodrigo o lexus ainda não vão participar?
    E a equipe fly lizard não participa mais da IMSA

  2. luigi disse:

    O autódromo é um dos meus preferidos , mas este B O P ,não tem jeito de possa um dia aceita-lo . É a punição da competência em nome de uma competitividade burra . Mas é o automobilismo do espetáculo . A cada dia fico mais certo de que não é mais o automobilismo que um dia gostei . Muitas regras ,muitas punições ,muitas frescuras e comissários e diretores de prova as vezes querendo brilhar mais que pilotos ,carros e equipes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>