MENU

6 de outubro de 2016 - 13:55Fórmula E

A volta dos elétricos

580a6433

A temporada 2016/17 da Fórmula E terá – mais uma vez – transmissão dos canais Fox Sports, começando na madrugada de sábado para domingo com o primeiro ePrix do ano, na nova pista de Hong Kong

RIO DE JANEIRO - Vai começar neste fim de semana a terceira temporada da Fórmula E. A categoria dos carros elétricos inicia o biênio 2016/17 com fôlego novo, algumas equipes novas (Jaguar e Techeetah), mudança cosmética nos carros com uma nova asa dianteira e várias praças novas. Hong Kong, local da rodada de abertura, é uma delas, com um traçado de 10 curvas e 1,86 km de extensão.

A Renault eDams larga como favorita. Também pudera: tem Sébastien Buemi, o atual campeão. E o time francês, justiça seja feita, já estava melhor do que as rivais na última temporada. Por seu turno, o brasileiro Lucas Di Grassi tenta um título que lhe escapou pelos dedos nas duas temporadas anteriores e Nelsinho Piquet, primeiro campeão da categoria, quer dar a volta por cima após uma temporada repleta de problemas no campeonato que se encerrou em maio último.

Bruno Senna não continua, mas a categoria recebe diversos pilotos recém-chegados. O tricampeão do WTCC José María “Pechito” López é talvez a grande atração entre os novatos na categoria de monopostos. As outras caras novas são os britânicos Mitch Evans e Adam Carroll, o sueco Felix Rosenqvist e o alemão Maro Engel.

A Fórmula E também foi sacudida pela notícia de que a Mercedes está interessada em ter uma equipe oficial, começando no campeonato 2018/19. As montadoras começam a enxergar no campeonato uma alternativa saudável de investimento em novas tecnologias. Outra alemã, a BMW, já entra neste campeonato em parceria com o time de Michael Andretti.

O Fox Sports continua com as transmissões das provas e neste sábado, a partir de 0h30, será exibido o treino classificatório da 1ª etapa em Hong Kong. A transmissão da corrida começa 4h30 pelo horário de Brasília.

E o Grande Premium apresenta um alentado guia, de autoria do Gabriel Curty e do Vitor Fazio, com os 20 pilotos e as dez equipes da categoria. Boa leitura!

1 comentário

  1. Menos El Orso disse:

    Juro que já tentei, mas não consigo gostar da FE. Apesar da inovação tecnológica e do excelente nível dos pilotos, a lentidão dos carros e os toscos circuitos urbanos impossibilitam o meu interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>