MENU

8 de outubro de 2016 - 00:40Automobilismo Internacional

SprintX: pole de Ostella em Laguna Seca

_GB21489

O Lamborghini de David Askew/James Burke é um dos muitos que chegaram para compor o grid recorde do SprintX em Laguna Seca: esta divisão do Pirelli World Challenge terá rodada dupla e provas com 1h de duração

RIO DE JANEIRO - O canadense David Ostella conquistou hoje a pole position para a prova de abertura da rodada dupla final do SprintX, campeonato paralelo ao Pirelli World Challenge, cuja temporada de 2016 termina neste domingo em Laguna Seca, na Califórnia.

Com o Audi R8 LMS da M1 GT Racing, o piloto que tem o sul-africano Dion Von Moltke como colega de pilotagem marcou o tempo de 1’25″390 para os 3,6 km do traçado, superando por 0″183 o Porsche da Alex Job Racing guiado por Cooper MacNeil e que também será conduzido por Gunnar Jeannette no fim de semana.

Lars Viljoen fez o 3º melhor tempo com o Aston Martin V12 Vantage GT3 que partilhará com Jorge de la Torre, na volta do mexicano às pistas após o pavoroso acidente sofrido no meio do ano em Lime Rock Park. Tim Pappas ficou em quarto com o Porsche #54 da Black Swan Racing e Michael Mills, líder do Sprint-X, foi o quinto. Neste fim de semana, por conta de compromissos com a BMW no VLN, o campeonato de Endurance em Nürburgring, na Alemanha, o canadense Kuno Wittmer será substituído por John Edwards.

A categoria conseguiu reunir na etapa final o melhor grid do ano, superando de longe as duas rodadas anteriores em Utah e Mosport Park. Seriam 26 carros, mas o Dodge Viper de Michael McCann sofreu danos irreparáveis no chassi após uma colisão múltipla nos testes autorizados quinta-feira no circuito de Laguna Seca. Um dos cinco Aston Martin GT4 inscritos pela TRG de Kevin Buckler para sua prova caseira – já que a equipe é de Petaluma, também na Califórnia, foi muito destruído, mas com peças usadas de outro carro do time esse bólido acabou reconstruído e pôde participar dos treinos classificatórios.

Nas demais subclasses, a Calvert Dynamics inscreveu de última hora um Ford Mustang Boss 302 e, com esse carro, Kurt Rezzetano conquistou a pole entre os carros inscritos na GTS, com o tempo de 1’31″271, quase sete décimos mais rápido que o Aston Martin de Derek De Boer. Andrew Aquilante será o parceiro de Rezzetano no #37 e Jason Alexandridis dividirá a pilotagem com De Boer no carro da TRG-AMR.

Entre os três inscritos da GT Cup, os Lamborghini Huracán usados no Blancpain Super Trofeo dos EUA sobraram contra o único concorrente, o Porsche da ANSA Motorsports, e dispararam 1-2 no grid: David Askew fez o melhor tempo – 12º no grid geral, à frente do colega de equipe Jeff Burton – companheiro de pilotagem do brasileiro Enrique Bernoldi, que também tem feito recentemente aparições no Blancpain Lamborghini Super Trofeo em território ianque.

As provas do SprintX têm formato idêntico às do Blancpain Sprint Series: baterias com 60 minutos de duração e troca obrigatória de pilotos.

1 comentário

  1. Vinicius disse:

    Ah Laguna Seca!! Que pista espetacular!! A NASCAR poderia trocar Sonoma pelo Saca-Rolha!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>