MENU

17 de outubro de 2016 - 15:03Rali

WRC: quatro para Ogier

g_20160121104

Hoje não tem pra ninguém: Sébastien Ogier conquistou o quarto título consecutivo do Mundial de Rali, com duas etapas de antecedência

RIO DE JANEIRO - Sébastien Ogier é o homem a ser batido no WRC, o Campeonato Mundial de Rali. O piloto da Volkswagen conquistou neste fim de semana o quarto título consecutivo da carreira com a quinta vitória na temporada 2016. Com antecipação de duas etapas, o piloto de 32 anos ratificou mais uma conquista e provou o porquê de ser o melhor piloto do mundo na modalidade, após a aposentadoria de seu xará Loeb.

No Rali da Catalunha, Ogier e seu navegador Julien Ingrassia começaram tímidos no início. No primeiro dia, com as estradas em condições difíceis e a baixa aderência, Dani Sordo se distinguiu graças ao excelente conhecimento dos trechos cronometrados. Mas a partir do momento em que o francês começou a descontar a diferença que chegou a ser de 17 segundos a favor do piloto da Hyundai, não houve mais quem o segurasse. Ogier não só passou Sordo como abriu 15 segundos no final, conquistando o título em grande estilo. Ele só não conquistou a pontuação máxima no Power Stage porque o finlandês Jari-Matti Latvala, que teve problemas desde o primeiro dia, faturou os pontos extras como o piloto mais rápido do último trecho cronometrado.

Um outro fator decisivo para o título de Ogier foi o acidente do seu companheiro Andreas Mikkelsen e seu navegador Anders Jäeger Synnevag: os noruegueses ainda tinham chances remotas de reverter a diferença, mas com a batida do carro #9 acabaram alijados da disputa. O remédio será brigar pelo vice-campeonato e a disputa pelo 2º lugar é uma das mais acirradas dos últimos tempos.

Com o 2º posto ao final do Rali da Catalunha e mais um ponto extra pelo terceiro posto no Power Stage, Sordo chegou a 111 pontos. Thierry Neuville, terceiro colocado na geral, empatou com Mikkelsen em pontos. E o quarto lugar deixou Hayden Paddon em quarto na classificação, com 114. Até Jari-Matti Latvala, com 104, pode brigar pelo vice – desde que os rivais tenham problemas nas próximas provas na Grã-Bretanha e Austrália: com 56 pontos em jogo e 23 de diferença entre o vice-líder e o 6º colocado, tudo pode acontecer.

O resultado final do Rali da Catalunha:

1. Ogier-Ingrassia (VW Polo Wrc) – 3.13’03”6
2. Sordo-Marti (Hyundai i20 Wrc) + 15”6
3. Neuville-Gilsoul (Hyundai i20 Wrc) + 1’15”0
4. Paddon-Kennard (Hyundai i20 Wrc) + 1’27”8
5. Ostberg-Floene (Ford Fiesta RS Wrc) + 3’24”4
6. Tanak-Molder (Ford Fiesta RS Wrc) + 5’24”9
7. Abbring-Marshall (Hyundai i20 Wrc) + 7’31”3
8. Kopecky-Dresler (Skoda Fabia R5) + 9’05”1
9. Tidemand-Andersson (Skoda Fabia R5) + 9’20”0
10. Breen-Martin (Citroen DS3 Wrc) + 9’57”1

Classificação do campeonato:

1. Sébastien Ogier (campeão) – 222 pontos
2. Andreas Mikkelsen e Thierry Neuville – 127
4. Hayden Paddon – 114
5. Dani Sordo – 111
6. Jari-Matti Latvala – 104
7. Mads Ostberg – 90
8. Ott Tanak – 61
9. Kris Meeke – 54
10. Craig Breen – 36
11. Eric Camilli – 27
12. Henning Solberg – 14
13. Stéphane Lefevbre, Esapekka Lappi e Martin Prokop – 12
16. Kevin Abbring – 10
17. Pontus Tidemand e Teemu Sunninen – 8
19. Jan Kopecky – 7
20. Marcos Ligato e Elfyn Evans – 6
22. Lorenzo Bertelli – 4
23. Armin Kremer e Nicolás Fuchs – 2
25. Valeriy Gorban – 1

1 comentário

  1. Pedro Ribeiro disse:

    Viva! Mais um pro Loeb… digo, Ogier.

    Eu acho Rally um dos melhores esportes a motor. Ninguém é tolo de pensar que é fácil disputar um rally, porém ver o Ogier ganhar campeonatos seguidos como o Loeb é frustrante.

    Esse ano a disputa foi mais quente que os anos anteriores, mas não dá pra ficar satisfeito com o tetra do francês, ainda mais com duas etapas restando. Tomara que a volta da Citroén e da Toyota façam o Ogier e a VW suar, pq só a Hyundai e a M-Sport não dão conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>