MENU

3 de novembro de 2016 - 11:4724 Horas de Le Mans, European Le Mans Series

A primeira equipe das 24h de Le Mans 2017

unitedp22

Com um Ligier JS P217 igual a este da imagem, a United Autosports garantiu sua participação nas 24h de Le Mans do próximo ano na classe LMP2

RIO DE JANEIRO - Acaba de ser confirmada nesta quinta-feira a primeira equipe que irá participar da edição 2017 das 24h de Le Mans. A United Autosports, campeã do European Le Mans Series neste ano na divisão LMP3, vai honrar o convite automático do Automobile Club de l’Ouest (ACO) e alinhar um protótipo LMP2, de acordo com o regulamento.

A equipe anglo-estadunidense chefiada por Richard Dean e Zak Brown adquiriu junto à Onroak Automotive um Ligier JS P217 que será montado com o propulsor Gibson GK428 4,2 litros V8. Esse carro também será alinhado no European Le Mans Series (ELMS) na próxima temporada, junto aos Ligier JS P3 Nissan do time, que neste ano levou o título europeu com Mike Guasch/Alex Brundle/Christian England.

Para 2017, Brown e Dean já têm pelo menos uma trinca formada na LMP3: a equipe terá John Falb/Sean Rayhall/Enzo Potolicchio, que neste ano defenderam a Graff Racing e seguem na divisão para mais uma temporada. No projeto ELMS e Le Mans, a equipe ainda está distante de uma definição quanto a nomes. E de acordo com as regras vigentes, a LMP2 permite dois pilotos profissionais e um gentleman driver de graduação prata ou bronze.

Essa combinação nem sempre equânime dá pano para a manga: a Signatech-Alpine, por exemplo, levou grande vantagem em contratar um piloto prata – o estadunidense Gustavo Menezes – muito rápido, para a disputa do Mundial de Endurance deste ano. Escaldada, a United Autosports não quer correr o risco de assumir uma decisão precipitada para a temporada que vem aí.

Até agora, nove times – de um total de, no mínimo 12 – têm o convite automático para Sarthe.

Na LMP1, a Porsche tem uma vaga de direito pelo título da prova neste ano. A divisão LMP2 tem além da United Autosports, a Signatech-Alpine (ainda sem planos divulgados para 2017) e a campeã do ELMS, a G-Drive Racing. Nas classes LMGTE-PRO/LMGTE-AM, cinco equipes têm vagas garantidas: Aston Martin Racing e JMW Motorsport – através do ELMS; Ford Chip Ganassi Racing, pela vitória na LMGTE-PRO; Scuderia Corsa, pelo título na LMGTE-AM em Le Mans neste ano e a britânica TF Sports, vencedora da Michelin GT3 Le Mans Cup. Estas duas últimas citadas têm vagas automáticas apenas para a subdivisão LMGTE-AM.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>