MENU

2 de novembro de 2016 - 18:05Túnel do Tempo

Direto do túnel do tempo (347)

4b8e1ef03824e4d4a150bb05bc5abcde

Alan Jones, que estreou na F1 em 1975, completa hoje exatos 70 anos de idade. Direto do túnel do tempo, este é o Hesketh com que estreou na categoria

 

RIO DE JANEIRO - Hoje, dia 2 de novembro, aniversaria um dos campeões da Fórmula 1. O último da Oceania, conterrâneo de Jack Brabham e vizinho de Denny Hulme. Alan Jones completa redondos 70 anos nesta quarta-feira e o blog relembra sua trajetória na categoria máxima do automobilismo.

Após o vice-campeonato na F-3 inglesa em 1973, perdendo o título para Tony Brise por dois pontos e competindo com um chassi GRD, Jones conseguiu através de Harry Stiller uma oportunidade de guiar seu primeiro carro de Fórmula 1 – o Hesketh 308 da foto, com o qual disputou quatro etapas – Espanha, Mônaco, Bélgica e Suécia. Ainda em 1975, fez seus primeiros pontos no campeonato com o 5º lugar no GP da Alemanha, a bordo do Embassy-Hill GH1.

Depois, assinou com a Surtees e fez a temporada completa de 1976. Seu carro tinha o patrocínio dos preservativos Durex, o que na conservadora Grã-Bretanha era um escândalo. A BBC, inclusive, sequer transmitiu a corrida de Brands Hatch por conta do apoio insólito. Jones foi 5º naquela corrida e na Bélgica, além de 4º no Japão. Mas nem mesmo a temporada razoável a bordo do Surtees TS18 o fez ter um lugar fixo para 1977.

A morte de Tom Pryce reabriu uma porta para o australiano e ele aproveitou a chance: além de ganhar o GP da Áustria com o Shadow DN8, ainda foi 3º colocado na Itália. Frank Williams queria Emerson Fittipaldi para guiar o carro que teria patrocínio dos petrodólares árabes. Como o bicampeão de F1 recusou, lá se foi Jones para outra porta aberta em sua carreira.

E o piloto aproveitou a oportunidade: na era do carro-asa, conquistou 11 vitórias pela equipe inglesa, o título mundial de 1980 e foi um duro rival para pilotos como Nelson Piquet, Carlos Reutemann, Jacques Laffite, Gilles Villeneuve, René Arnoux, Alain Prost e Didier Pironi. Desentendeu-se com Reutemann e decidiu se aposentar da categoria aos 35 anos. Venceu aquela que ele dizia ser sua última corrida – o GP de Las Vegas – comemorando com uma ‘banana’ no pódio (não me perguntem pra quem…) e dizendo que foi “maravilhoso” ver o argentino perder o título de 1981 para Nelson Piquet.

Jones, que tinha tendência a engordar, foi para suas fazendas na Austrália. E quando Jackie Oliver o trouxe para um retorno à categoria pela Arrows em 1983, Alan estava grotescamente gordo. Até conseguiu perder peso, mas seu retorno foi um fracasso. Mas Carl Haas, para quem Alan guiou na Can-Am e na Fórmula Indy como substituto de Mario Andretti numa prova isolada em Elkhart Lake, o trouxe de volta. Encerrou sua carreira de 116 GPs com quase 40 anos de idade, com um 4º lugar na Áustria e um 6º na Itália como seus últimos resultados nos pontos – ao todo, foram 206 somados. Depois disso, Jones voltaria às pistas apenas na Grand Prix Masters, efêmera categoria de pilotos veteranos que disputou apenas três provas.

A imagem que ilustra este post é do australiano a bordo do Hesketh 308 de Harry Stiller em Monte-Carlo, nos treinos para o GP de Mônaco de 1975.

Há 41 anos, direto do túnel do tempo.

2 comentários

  1. Zé Maria disse:

    A Beatrice-Lola dos últimos tempos, já com o Ford turbo, era um carro maravilhoso de lindo!
    Boa pergunta, Rodrigo:
    Que fim levaram os carros da Grand Prix Masters?
    Abraço.
    Zé Maria

  2. Vinicius disse:

    A morte de Pryce foi uma das mais brutais, não só da Fórmula 1, mas de todo o automobilismo, por tudo o que aconteceu!! Não sabia que essa “desgraça” acabou abrindo uma porta para Jones e, por conseguinte, alavancando de vez sua carreira! Coisas do destino…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>