MENU

12 de janeiro de 2017 - 19:23Rali Dakar

Loeb chega à frente, mas ASO declara vitória de Peterhansel nos carros

Peugeot-DAK0054-36

Stéphane Peterhansel se envolveu num incidente, atropelando um motociclista na 10ª etapa do Rali Dakar. O ASO fez sua parte, devolveu o tempo que o piloto francês perdeu e o “Monsieur Dakar” é declarado o vencedor do dia, superando Sébastien Loeb

RIO DE JANEIRO (atualizado às 23h37) - A Peugeot tem tudo para ganhar mais um Rali Dakar em 2017. Não importa com quem, o que vale para a marca do Leão é o topo do pódio – ou mesmo o pódio inteiro. São três modelos 3008 DKR neste momento ocupando as três primeiras posições. E na briga pelo título nos Carros, estão dois gigantes, dois titãs das trilhas.

Nenhum deles, inclusive, precisa provar mais nada a ninguém: Sébastien Loeb ganhou o Mundial de Rali (WRC) nove vezes – seguidas. Stéphane Peterhansel tem 12 títulos no Rali Dakar, 28 participações e 70 vitórias em especiais (recorde histórico) até antes da 10ª etapa, uma das mais difíceis da atual edição, com 449 km cronometrados e 751 km no total.

O “Monsieur Dakar” passou por percalços: durante a etapa, na altura do km 83, Peterhansel atropelou e machucou o motociclista esloveno Simon Marcic. O piloto da Peugeot e o navegador Jean-Paul Cottret imediatamente socorreram Marcic, que foi rapidamente removido pelo helicóptero médico com suspeita de fratura – posteriormente confirmada. Isso fez com que a dupla perdesse tempo em relação aos seus companheiros de equipe e nesse caso o ASO é benevolente: Peterhansel/Cottret tiveram 14min13seg do tempo total que levaram ao fim da 10ª etapa devolvidos. E na nova classificação extra-oficial, a dupla lidera na geral após vencer a etapa – 71º triunfo de Peterhansel na história do Dakar.

Sébastien Loeb, anteriormente declarado vencedor, terminou mesmo em 2º lugar a 7min28seg de Peterhansel. Agora, os dois estão separados por 5min50seg na luta pela vitória. Cyril Despres, terceiro hoje a 10min01seg do vencedor, assiste tudo de camarote…

Numa especial complicada, o melhor do resto foi Yazeed Al Rajhi, 4º mais rápido na trilha com seu Mini. O melhor piloto da equipe do construtor vinculado à alemã BMW – o finlandês Mikko Hirvonen – teve problemas ao ficar preso com seu All4Racing numa ravina e se atrasou. Não obstante, no afã de se recuperar, colidiu com um caminhão e perdeu três horas. Dia difícil para o nórdico e seu navegador, o experiente Michel Périn.

Orlando Terranova mantém o posto de melhor piloto sul-americano: foi quinto hoje a pouco mais de 20 minutos da ponta. A Toyota não teve um dia dos mais produtivos, com Giniel De Villiers em 6º e Conrad Rautenbach, do Zimbábue, conquistando um razoável sétimo posto.

Outros dois pilotos do WRC se destacaram na etapa, com o peruano Nicolás Fuchs, a bordo de um HRX Ford, surpreendendo. Ele chegou a ter os melhores tempos parciais no início da especial. Mas perdeu fôlego e chegou em oitavo, à frente do “Buldogue” Martin Prokop. E Nani Roma, que ontem não tinha onde dormir – conseguindo um quarto numa casa (e que casa!) de um morador local em Chilecito, a cerca de 500 metros do acampamento, não conseguiu nada melhor que a 10ª colocação.

Os brasileiros Sylvio Barros e Rafael Capoani seguem em frente. Na etapa anterior, sobreviveram à perda de uma roda a mais de 160 km/h a bordo do Mini All4Racing #339. Hoje, tiveram mais um dia difícil, perdendo 2h47min43seg em relação aos primeiros colocados. Terminaram a etapa em 30º e baixaram para a vigésima colocação na classificação geral na categoria – ainda na 4ª posição entre os estreantes.

Resultado da etapa #10
Chilecito-San Juan
Total: 449 km cronometrados – 751 km

1. #300 Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret (Peugeot) – 4h47min00seg (ASO devolveu 14min13seg à dupla)
2. #309 Sébastien Loeb/Daniel Elena (Peugeot) – a 7min28seg
3. #307 Cyril Despres/David Castera (Peugeot) – a 10min01seg
4. #306 Yazeed Al Rajhi/Timo Gottschalk (Mini) – a 19min03seg
5. #308 Orlando Terranova/Andreas Schulz (Mini) – a 20min12seg
6. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz (Toyota) – a 22min48seg
7. #320 Conrad Rautenbach/Robert Howie (Toyota) – a 34min23seg
8. #323 Nicolás Fuchs/Fernando Mussano (HRX) – a 34min23seg
9. #321 Martin Prokop/Ilka Minor (Ford) – a 38min55seg
10. #305 Nani Roma/Alex Haro (Toyota) – a 38min57seg

Classificação geral:

1. #300 Stéphane Peterhansel/Jean-Paul Cottret – 24h58min43seg (ASO devolveu 14min13seg à dupla)
2. #309 Sébastien Loeb/Daniel Elena – a 5min50seg
3. #307 Cyril Despres/David Castera – a 25min40seg
4. #305 Nani Roma/Alex Haro – a 1h00min55seg
5. #302 Giniel De Villiers/Dirk Von Zitzewitz – a 1h42min54seg
6. #308 Orlando Terranova/Andreas Schulz – a 1h45min21seg
7. #314 Boris Garafulic/Filipe Palmeiro – a 3h26min34seg
8. #316 Kuba Przygonski/Tom Colsoul – a 3h53min40seg
9. #318 Romain Dumas/Alain Guehennec – a 3h57min43seg
10. #319 Sheik Khalid Al Qassimi/Pascal Maimon – a 4h24min17seg (incluindo +1h11min de penalização)

3 comentários

  1. marcelo kuba disse:

    Bom dia Rodrigo, admiro demais o seu trabalho, suas coberturas no endurance e rally preenchem uma lacuna gigantesca que a imprensa brasileira deixa nestes esportes, muito obrigado.
    Por favor, tente nos atualizar sobre os UTV 351 do Torres/Roldan pois achei a navegação do site do Dakar horrivel, este ano eles capricharam no site e acredito que as atualizações estão chegando depois da gravação do programa diario… Ta dificil, rsrsrs

    • Rodrigo Mattar disse:

      Marcelo, realmente os UTVs às vezes demoram muito pra chegar nas etapas, mas a dupla Torres/Roldan está liderando na geral e deve conquistar o título.

  2. José Carlos V. Santos disse:

    Parece que o Loeb disse que será muito difícil ganhar sem que o Peterhansel tenha algum problema. Mas isso pode ser só humildade ou estratégia do multicampeão do WRC, já que na especial de hoje, depois de um trecho de cerca de 50km de areia, haverá 240km de pilotagem “à la WRC” por trajetos da zona de Córdoba, onde se disputa a tradicional etapa do Mundial de Rally e que certamente deverão favorecer Loeb.
    De resto, fica aqui a minha torcida pela melhor chegada possível de Barros/Capoani com o Mini e certamente pela vitória de Torres/Roldan nos UTVs !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>