MENU

15 de janeiro de 2017 - 01:30International Endurance Series

Porsche domina e vence 24h de Dubai

dubai-24-2017-finish-order-01

Com Brendon Hartley, campeão mundial do WEC em 2015, entre os pilotos, a Precote Herberth Motorsport triunfou na disputa das 24h de Dubai

RIO DE JANEIRO - Três anos depois da vitória da Stadler Motorsport, a Porsche volta a triunfar nas 24h de Dubai, prova de abertura da temporada 2017 da International Endurance Series by Hankook. O carro #911 da Precote Herberth Motorsport foi simplesmente dominante em grande parte da disputa, que contou com nada menos que 22 intervenções do chamado “Code 60″, em que os carros na pista são obrigados a andar a apenas 60 km/h por segurança. O total de “Code 60″ – inclusive – respondeu por praticamente 25% do total de horas de prova. Largaram 92 carros, sendo que 73 foram classificados e 65 viram a quadriculada final neste sábado.

Resultado das 24h de Dubai AQUI

O Porsche guiado por Daniel Allemann/Ralf Böhn/Robert Renauer/Brendon Hartley/Alfred Renauer completou um total de 578 voltas – duas a mais que o #12 da Manthey Racing que teve a bordo Jochen Krumbach/Otto Klöhs/Sven Müller/Matteo Cairoli. Não à toa, foram as duas melhores equipes da Porsche a prova inteira – já que contaram com pilotos oficiais de fábrica. Hartley guiou pela primeira vez o 911 GT3-R e logo colaborou para uma vitória. Müller e Cairoli, promovidos recentemente ao time de pilotos do construtor germânico, mais íntimos do carro, não decepcionaram e a Manthey só levou duas voltas do time rival porque tiveram problemas e precisaram de um pit stop mais longo, para reparos.

Pole position, o Mercedes-AMG GT3 #2 da Black Falcon envolveu-se numa colisão com um de seus principais adversários, o Lamborghini Huracán #963 da Grässer Racing Team, quando estava na sua 398ª volta. Embora classificados, ambos os carros não viram a quadriculada ao fim da disputa. Menos mal que o carro #3 pilotado por Abdulaziz Turki Al Faisal/Hubert Haupt/Yelmer Buurman/Maro Engel/Michal Broniszewski salvou a pátria da Black Falcon e conquistou o 3º posto no pódio, com três voltas de atraso.

A equipe belga Audi Club WRT, vencedora da prova no ano passado, dessa vez foi amplamente superada: o carro #5 chegou em 6º lugar e o #4, com os principais pilotos do time chefiado por Vincent Vosse, enfrentou problemas, perdeu 26 voltas e acabou apenas na décima-terceira posição. A Optimum Motorsport acabou como a melhor representante dos quatrargólicos – 4º lugar para Lee Osborne/Flick Haigh/Christopher Haase/Ryan Ratcliffe.

Um terceiro Porsche fechou o top 5 final: os franceses da IMSA Performance fizeram ótima prova e chegaram a nove voltas dos vencedores. Maxime Jousse/Mathieu Jaminet/Thierry Cornac/Raymond Narac levaram o carro a um belo resultado, partindo de 8º no grid.

dubai-24-2017-finish-order-07

Campeã da International Endurance Series by Hankook na temporada passada, a Hofor Racing levou a vitória na divisão A6-Am na estreia da nova Mercedes-AMG GT3

Na classe A6-Am, a Hofor Racing, atual campeã das 24h Series, começou muito bem com o novo Mercedes-AMG GT3. Sétimo lugar para Roland Eggimann/Christian Frankenhout/Chantal Kroll/Michael Kroll/Kenneth Heyer. A GP Extreme, com um Renault RS01, não só quebrou um domínio absurdo dos carros de fabricação alemã no resultado final como também chegou em 2º nesta divisão, enquanto a Car Collection Motorsport faturou o terceiro posto.

Entre os modelos Porsche 991 Cup, a Black Falcon triunfou: 11º lugar na geral e vitória na categoria para o #68 de Saud Al Faisal/Saeed Al Faisal/Anders Fjørdbach/Miguel Toril. A GDL Racing levou a melhor na divisão SPX, chegando na décima-oitava colocação com o Lamborghini Huracan Super Trofeo guiado por Vic Rice/Pierre Ehret/Franck Pelle/Rory Penttinen.

dubai-24-2017-Class-SP2-Winner-207

Construído na Hungria e equipado com motor 3,8 litros, o Brokernet Silver Sting da Bovi Motorsport foi o vencedor na divisão SP2

O Ginetta G55 da Optimum Motorsport levou o time britânico ao triunfo na divisão SP3-GT4: o carro #231 de Dan O’Brien/William Moore/Ade Barwick/Stewart Linn fechou a disputa em 26º na geral. A Bovi Motorsport chegou na posição seguinte e venceu na classe SP2 com um modelo Brokernet Silver Sting de 3,8 litros de capacidade cúbica, construído na Hungria. Na classe TCR, vitória do novo Audi RS3 LMS TCR #108 da Cadspeed Racing with A Tech, guiado por Erik Holstein/James Kaye/Julian Griffin/Finlay Hutchison.

Na divisão A3, deu Team Altran Peugeot, com Michael Carlsen/Thierry Blaise/Guillaume Roman/Kim Holmgaard terminando a prova em 44º lugar. O Team Eva-Solo faturou a prova no grupo A2 e na Cup1, com o modelo BMW 235i, triunfou a Sörg Rennsport com o carro #151, um dos dois que a equipe da Alemanha inscreveu para a corrida.

A próxima prova do International Endurance Series by Hankook será as 12h de Mugello, na Itália, no fim de semana de 17 a 18 de março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>