MENU

2 de fevereiro de 2017 - 23:36Automobilismo Internacional

12h de Bathurst: Ferrari e Vilander na frente

84I9952-770x480

A Ferrari #88 da Maranello Motorsport largou na frente da concorrência no primeiro treino livre em que todos os inscritos das 12h de Bathurst foram para a pista australiana

RIO DE JANEIRO - Anunciado hoje como piloto da Risi Competizione nas 24h de Le Mans e 3º colocado na última 24h de Daytona no domingo passado, o finlandês Toni Vilander é um dos muitos que viajaram dos EUA para a Austrália a fim de disputar as 12h de Bathurst na Austrália. O nórdico está inscrito na Ferrari 488 GT3 da Maranello Motorsport, que tem também ninguém menos que Craig Lowndes e Jamie Whincup. Mas foi Vilander quem brilhou na manhã de sexta-feira em Mount Panorama.

A melhor volta do dia – por enquanto – foi 2’04″192, com a BMW M6 GT3 #60 do Team SRM ocupando o 2º posto graças a Mark “Frosty” Winterbottom, campeão do V8 Supercars em 2015. “A pior parte desse treino foi o tráfego”, argumentou o australiano. “Nessas condições é muito difícil encaixar uma volta limpa, mas o carro é muito bom de guiar”, disse.

Foi um bom começo após o susto sofrido no início do treino: com Steven Richards a bordo, a BMW parou na parte alta da pista e provocou uma bandeira vermelha. O carro foi rebocado e rapidamente o problema foi sanado – era uma falha no ECU do motor, resolvida a tempo da equipe seguir no treino.

Os dois Audi R8 LMS da escuderia Jamec-Pem Racing, com excelente elenco de pilotos oficiais da Audi, vieram na 3ª e 4ª posições, trazendo na sequência o Nissan “Godzilla” que ficou em quinto: um dos vencedores em 2015, Katsumasa Chiyo, fez o tempo de 2’05″136. Timo Glock foi o autor da melhor volta a bordo da BMW #7 e fechou o grupo dos seis mais rápidos.

Com a classe A dividida em três, a Objective Racing foi a mais rápida do segundo treino com o McLaren 650S inscrito na divisão Pro-Am, conquistando o 8º melhor tempo geral – 2’05″906. A equipe GT Motorsport Pty Ltd. ficou com a melhor volta entre os bólidos da classe Am – 2’06″170, décimo lugar geral.

Na classe B, tal como no primeiro treino, a Grove Motorsport prevaleceu com seu Porsche e ficou com a 28ª marca geral – 2’10″672. O Viper Coupé da Daytona Sportscars veio a seguir e foi o melhor entre os bólidos da divisão Invitational, em 2’10″713. O Ginetta G55 da RA Motorsports despontou como o mais rápido de sua categoria – 2’20″487, 45º tempo na geral.

1 comentário

  1. luigi disse:

    Na minha opinião ,levando em conta minha “véisssssse” ;tanto a B M W M 6 quanto o Bentley não são G Ts e sim Sedans duas portas ,mas com desempenho de verdadeiros G Ts e isso é muito bom ,ver que grandes engenheiros conseguem essa proeza. e melhor ainda é ver estes carros andando na frente e incomodando aos verdadeiros G Ts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>