MENU

3 de fevereiro de 2017 - 14:50Automobilismo Internacional

12h de Bathurst: Wittmann fecha quarto treino no topo

Bath12hr-16-32992nd-770x480

Marco Wittmann foi o mais veloz do último treino livre do primeiro dia de atividades de pista para as 12h de Bathurst, no circuito Mount Panorama

RIO DE JANEIRO - Bicampeão do Deutsche Tourenwagen Masters (DTM), o alemão Marco Wittmann foi o mais rápido do quarto e último treino livre de sexta-feira, realizado como preparação para as 12h de Bathurst, que acontecem neste domingo no circuito Mount Panorama. Com a BMW da equipe Steve Richards Motorsport, ele cravou 2’03″319 na sessão que teve duração de 50 minutos.

“Consegui uma volta limpa, o que é tremendamente importante aqui”, afirmou Wittmann. “Vamos ver como vai ser o resto do fim de semana. Hoje tudo correu bem pra gente, foi um dia de treinos livres e amanhã é o que realmente conta”, completou o piloto, se referindo ao sábado de definição do grid de largada.

Outro alemão, Christopher Haase, encaixou uma boa volta e foi o 2º mais rápido com o Audi R8 LMS #75 da Jamec-Pem Racing, a 0″694 do melhor tempo da sessão. Craig Lowndes levou a Ferrari 488 GT3 da Maranello Motorsport ao 3º posto – 2’04″322. E a boa surpresa foi o quarto lugar do australiano Matt Campbell a bordo do Porsche #12 da Competition Motorsports, que fez desse carro o mais rápido da classe A Pro-Am.

Atual campeão das 12h de Bathurst, mas a bordo de um McLaren, Shane Van Gisbergen estreia com o Mercedes-AMG GT3 da Scott Taylor Motorsport no evento e hoje ele fez o quinto tempo do quarto treino livre. Álvaro Parente completou os seis primeiros, justamente a bordo do carro #1 da Tekno Autosports/McLaren GT, que defende o título conquistado no ano passado. Foi um treino com seis marcas diferentes ocupando as seis primeiras posições.

Entre as formações da divisão A-Am, a Miedecke Stone Motorsport ficou com o 10º tempo – 2’05″211. A Grove Motorsport (sem surpresa alguma) fez o melhor tempo do grupo B com 2’10″893. A MARC Cars Australia estabeleceu a melhor marca da quarta sessão entre os inscritos da Invitational – 2’14″668, enquanto a ProSport Performance voltou a figurar no topo entre os bólidos da classe C.

Dois dos 55 carros inscritos não marcaram tempo – entre eles o Nissan GT-R Nismo GT3 que bateu forte no treino anterior e teve que ficar nos boxes para a avaliação dos danos. A Keltic Racing enfrentou sérios problemas com o motor de sua McLaren 650S GT3 e os mecânicos da equipe teriam muito trabalho para colocar tudo em ordem.

A partir das 19h de Brasília, oito da manhã de sábado pelo horário local, os carros entram na pista para o quinto e último treino livre. A qualificação – com 1h de duração – tem início às 21h40 de Brasília e os 10 primeiros avançam para a disputa do Allan Simonsen Pole Trophy: o Pirelli Top 10 Shootout começa às 2h30 de Brasília.

O blog A Mil Por Hora terá o streaming AO VIVO das 12h de Bathurst neste sábado. Não percam!

1 comentário

  1. luigi disse:

    Como já disse uma vez Enzo Ferrari , Aerodinâmica é para quem não sabe fazer motor, na época fazia algum sentido ,mas vamos combinar ,esse pessoal sabe fazer motor como ninguém , porque este M 6 (que até os anos 70/80 seria homologado como “Sedan 2 P “) e que por melhor que seja ,tem uma aerodinâmica ,não tão boa como a dos melhores G Ts verdadeiros ,anda na frente desses é porque tem uma dinâmica motora muito boa (motor ,transmissão ,tração e suspensão e também a aerodinâmica). Parabéns ao pessoal da B M W (nas motos, sua qualidade é inquestionável ,também). O que pode-se imaginar ,que se realmente estiverem com um projeto para L M P1 ,será para incomodar os atuais vencedores e não só paraparticipar.Vamos aguardar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>