MENU

9 de fevereiro de 2017 - 17:32Automobilismo Nacional

Calendário definido da Endurance Brasil para 2017

15578735_1205878089495768_2879103666884320106_n

O protótipo MCR Grand-Am V10 que ganhou em dezembro as 12h de Tarumã deve ser uma das grandes atrações para a temporada de provas do Endurance no Brasil (Foto: Dudu Leal)

RIO DE JANEIRO - A Associação de Pilotos de Endurance (APE) anunciou o calendário de provas para a temporada 2017. A modalidade, em que pese o momento difícil da economia brasileira e também do automobilismo de consumo interno, é uma das que mais cresceu nas últimas temporadas, já que os protótipos de fabricação nacional convivem numa boa com modelos de Grã-Turismo do antigo campeonato de GT3 e outros carros com a configuração “Silhouette” – sem contar os modelos Turismo, que caminham para ganhar um certame próprio no Rio Grande do Sul. Os modelos importados que ficaram aqui têm migrado constantemente para as provas longas e cabe lembrar que a disputa da última 12h de Tarumã foi ganha com um motor Lamborghini V-10 derivado do modelo Gallardo, montado num protótipo MCR Grand-Am projetado por Luiz Fernando Cruz.

E o Henrique Assunção, presidente da APE, está confiante de que teremos um bom campeonato. Eu também. Principalmente quando se sabe que haverá uma prova de 500 km em Interlagos, que nunca deveria ficar de fora do calendário do Endurance nacional. A corrida está prevista para 29 de julho – e os 500 km de São Paulo continuam no Velo Città, em Mogi-Guaçu.

Todas as etapas devem ser aos sábados. O calendário de oito corridas compreende seis etapas valendo pelo Brasileiro e cinco pelo Campeonato Gaúcho, que continua como a gênese do Endurance nacional, tanto em termos de equipes quanto de regulamento técnico e desportivo.

As 500 Milhas de Londrina e as 12h de Tarumã continuam sendo realizadas no fim do ano, como sempre. Mas seguirão como eventos extracampeonato em 2017.

Veja as datas das provas:

25 de março – 3h de Tarumã (Gaúcho e Brasileiro)
29 de abril – 500 km de Curitiba (Brasileiro)
27 de maio – 3h de Santa Cruz do Sul (Gaúcho e Brasileiro)
24 de junho – 3h de Guaporé (Gaúcho)
29 de julho – 500 km de Interlagos (Brasileiro)
19 de agosto – 3h de Santa Cruz do Sul (Gaúcho)
23 de setembro – 500 km do Velo Città (Brasileiro)
28 de outubro – 3h de Tarumã (Gaúcho e Brasileiro)

5 comentários

  1. Gustavo disse:

    Muito boa a notícia, mas poderia ser ainda melhor se incluísse Curvelo e Goiânia.
    Fica para 2018…
    = – ))

  2. marcelo kuba disse:

    Rodrigo, visto que é notório o crescimento do interesse pelo endurance no Brasil, vide o WEC, 24h de Daytona e Le mans, não seria a hora de emissoras de televisão transmitirem os campeonatos nacionais?
    Seguindo a lógica, visibilidade gera patrocinio que gera aumento de qualidade que gera maior interesse de publico, pilotos e marcas.

  3. Mika disse:

    Feliz pela noticia, espero que seja um grande campeonato e que em 2018 nosso calendário e grid cresçam.
    Quatro provas no meu Rio Grande do Sul, muitas oportunidades para prestigiar!!!
    Abraços!

  4. rogerio disse:

    quero parabenizar o sr rodrigo mattar,pela iniciativa que todo brasileiro que gosta de corridas aplaudirao, e gostaria que ocorrecem em outros estados como por exemplo tamem curvelo mg onde tem um autodromo aprovado tambem em goias e outros estados agradeço a vossa atençao Deus abençoe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>