MENU

31 de março de 2017 - 12:3424 Horas de Le Mans

Di Grassi: o 7º brasileiro confirmado para Le Mans 2017

308594_691819_lucas_di_grassi_le_man_2015_shiv_gohil_22

Os rumores apontavam para que Lucas Di Grassi fosse disputar as 24h de Le Mans pela AF Corse. E será exatamente isso que irá acontecer: o brasileiro foi confirmado para andar na Ferrari 488 GTE na classe LMGTE-PRO (Foto: Shiv Gohil/Divulgação)

RIO DE JANEIRO (Não é conta de mentiroso…) - Às vésperas da disputa do ePrix do México, o quarto da temporada 2016/2017 da Fórmula E, a categoria dos monopostos elétricos, Lucas Di Grassi anuncia que está de volta às 24h de Le Mans neste ano.

O piloto brasileiro foi confirmado – após uma semana inteira de rumores na mídia internacional – pela equipe italiana AF Corse para sua quinta participação na clássica prova francesa, a primeira com um modelo LMGTE-PRO. Após quatro anos como piloto Audi, ele vai de Ferrari 488 GTE na divisão mais equilibrada de toda a competição.

“Estou muito feliz em retornar às 24 Horas de Le Mans. Todo piloto profissional quer fazer parte da história e correr pela Ferrari significa muito para mim. Estar em uma equipe da LMGTE-PRO com o apoio da fábrica é, sem dúvida, o melhor lugar para mim depois de quatro anos disputando a LMP1″, disse Lucas, de 32 anos.

Di Grassi vai andar no carro #51 junto a James Calado e Alessandro Pier Guidi, embora um dos sites que traz sempre boas notícias de Endurance – o Sportscar 365 – tenha colocado o brasileiro junto a Sam Bird e Davide Rigon no #71 – que terá Miguel Molina (piloto da Spirit of Race para o restante do campeonato) como terceiro piloto, excpecionalmente em Sarthe.

Como a informação veio através da divulgação do piloto, vou acreditar no release.

Assim, Lucas é o sétimo piloto do país a compor o grid para as 24h de Le Mans 2017. Quatro na LMP2 – Nelsinho Piquet, Bruno Senna, André Negrão e Rubens Barrichello e três na LMGTE-PRO, com Di Grassi, Pipo Derani e Daniel Serra. É um plantel muito forte. Mas eu sinceramente gostaria de ver mais brasileiros disputando a corrida.

Será que teremos?

2 comentários

  1. luigi disse:

    Parece que este é mais um daqueles bons pilotos que sempre chegam atrasados para o melhor da festa. A Rossa 488 é una Bella Macchina mas parece que o carro da vez ,para ganhar é o Ford GT . Eu sou daqueles que sempre aposto no projeto mais recente e bem cuidado , mas sabemos que Corvette´s ,Aston Martin´s , e Porsche´s , mesmo com projetos básicos anos 50 ou anteriores, ainda são bons de disputa. Tomara que tenha uma boa corrida. Quanto ao menino Derani ,esperava que estivesse em time de LM P 1, acho que este tem potencial de vencedor. Mas quem sabe este não seja o prólogo da Ford na LM P 1 e ele esteja dando o passo mais certo, e talvez em poucos anos ,vejamos um brasileiro vencendo as 24 h de Le Mans na geral. Quem viver ,verá !
    Bom final de semana a todos !

  2. Fernando Silva disse:

    Eu achava mesmo que o Di Grassi, de alguma forma, participaria de Le Mans…talvez em um outro LMP1 não híbrido ou coisa assim, ou até mesmo um dos inúmeros LMP2 que disputarão a prova.
    Caso pretenda voltar a disputar o WEC terá um excelente oportunidade, visto que, hoje, a LMGTE-Pro é, sem dúvida, a mais promissora das classes. Será interessantíssimo termos a possibilidade de uma disputa entre o Di Grassi de Ferrari F488, o Derani no arqui-rival Ford GT e o Serrinha de Aston Martin Vantage.
    Além do mais, Mattar, concordo com o último parágrafo do ´post: Para mim caberia mais um brasileiro na Ganassi, o TK, que foi constantemente o melhor piloto do carro (o Ford GT #69 do WEC) nas 24h de Daytona.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>