MENU

29 de abril de 2017 - 21:30International GT Open

Lexus estreia com vitória no GT Open

lexus R1

O Lexus RC-F de Albert Costa/Philip Frommenwiler desce a reta do Estoril durante a prova inaugural do International GT Open: vitória na estreia

RIO DE JANEIRO - O modelo Lexus RC-F GT3 construído pela Toyota fez sua estreia no International GT Open e em grande estilo: o carro #54 da Emil Frey Lexus Racing alinhado para a dupla Albert Costa/Philip Frommenwiler levou a melhor na prova de abertura da temporada 2017 no Autódromo do Estoril, em Portugal, após um longo domínio dos McLaren 650S GT3 de Rob Bell/Shaun Balfe – que largaram da pole position e de Côme Ledogar/Alexander Watson.

A corrida começou tranquila e, no início, Bell e Ledogar impuseram um forte ritmo. Albert Costa foi incapaz de seguir os rivais e o brasileiro Allam Khodair, após uma excelente largada, vindo de sexto no grid, alcançou a quarta posição – sem conseguir se desvencilhar da Ferrari 488 GT3 do italiano Marco Cioci.

557_0817 23 125

Allam Khodair e Marcelo Hahn foram prejudicados por uma manobra infeliz do italiano Piergiuseppe Perazzini, da Ferrari #8 e acabaram em 14º lugar na primeira prova do campeonato

As posições pouco mudaram até a janela para troca de pneus e de pilotos e aí as estratégias começaram a definir as coisas: Dominik Farnbacher, no segundo Lexus RC-F, avançou furiosamente na classificação e ultrapassou a Mercedes-AMG da Drivex School já guiada por Marcelo Hahn após substituir Khodair. Entretanto, o italiano Piergiuseppe Perazzini, que assumiu a Ferrari da AF Corse no lugar de Marco Cioci, precipitou-se numa manobra de ultrapassagem e fez Hahn rodar e sair da pista na 30ª volta. Sem tempo suficiente para se recuperar, o carro #16 terminou em 14º lugar.

Na altura da 35ª volta, Frommenwiler atacou definitivamente o vice-líder Shaun Balfe e, enquanto consumava a ultrapassagem sobre o carro #22, o suíço viu também o líder Alexander West errar ao alargar a trajetória e quase sair da pista. A manobra errática do piloto da Garage 59 deu de presente à equipe Emil Frey uma inesperada vitória na abertura do campeonato.

Bell e Balfe, que lideraram 24 das 41 voltas disputadas, ainda superaram o carro de Ledogar/West para terminar em 2º e levar também o primeiro lugar na classe Pro-Am. Os irmãos Mario e Dominik Farnbacher comprovaram a competitividade do Lexus, chegando em 4º lugar com o #55 da Farnbacher Racing. Os italianos Giovanni Venturini/Thomas Biagi conseguiram o quinto posto, seguidos por Hiroshi Hamaguchi/Vitantonio Liuzzi – ambas as duplas com Lamborghini Huracán GT3.

Digna de registro foi a atuação de Márcio Basso/Flávio Nonô Figueiredo: com a Mercedes-AMG GT3 da Sports & You, a dupla do #12 foi crescendo ao longo da disputa. Basso levou o carro inteiro ao fim do seu turno e Nonô, com uma pilotagem sem erros, completou a disputa em 12º lugar na geral, levando a vitória na subclasse dos pilotos Am, que têm na formação um ou dois pilotos de graduação bronze. Noutra Mercedes, Martin Konrad/Alexander Hrachowina chegaram em segundo na divisão. O pódio foi completado pelos portugueses Filipe Barreiros/Francisco Guedes, com a BMW da Téo Martin Motorsport.

A corrida #2 será disputada neste domingo a partir de 9h15 de Brasília, com duração de 60 minutos e handicap a ser definido pela organização mediante o desempenho da prova #1. O blog traz o streaming ao vivo e na íntegra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>